Lei Seca completa 12 anos no DF com o menor número de mortes da história

Data será lembrada com uma ação de fiscalização do Detran-DF em Taguatinga e no Plano Piloto. Também será realizada uma live

Divulgação/Detran-DF

atualizado 18/06/2020 18:52

A Lei Seca completa nesta semana 12 anos de sua criação. Apesar do menor número de eventos que contribuam para o consumo de álcool, por conta da pandemia do novo coronavírus, o Departamento de Trânsito (Detran-DF) realizará, nesta sexta-feira (19/06), ações de conscientização em Taguatinga e no Plano Piloto, além de um live.

Segundo dados do próprio Detran, em 2007, um ano antes da vigência da lei, foram realizadas 999 autuações por uso de bebida alcoólica ao volante. No ano seguinte, quando ela passou a valer, o número subiu para 2.633.

A quantidade de mortes também mortes também teve mudança drástica. De acordo com o Detran-DF, de junho de 2008 ao mesmo período de 2009, os óbitos caíram de 422 para 344. De junho de 2019 até o momento, o Distrito Federal registrou 220 mortes causadas pelo uso de álcool.

Apenas este ano foram aplicadas, de janeiro a maio deste ano, 6.434 foram flagrados nesta situação.

0

Últimas notícias