Lei Aldir Blanc: artistas do DF começam a receber auxílio na segunda-feira

Serão cinco parcelas referentes à Linha 1 da nova lei de apoio ao setor cultural. Primeiro lote sai nesta no dia 26

atualizado 23/10/2020 23:26

Igo Estrela/Especial para Metrópoles

O primeiro lote das cinco parcelas para a linha 1, para pessoa física,  da Lei Aldir Blanc começa a ser pago na próxima segunda-feira (26/10) pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec). A lei é o auxílio emergencial de resposta à pandemia de coronavírus voltado ao setor cultural.

Os beneficiários receberão R$ 3 mil, em cinco parcelas de R$ 600. No caso de mãe ou provedora do lar, serão R$ 6 mil em cinco parcelas de 1,2 mil. A decisão veio a partir da avaliação da quantidade de CPFs validados pela Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev).

“Começamos com a Linha 1 e teremos, em breve, o pagamento da Linha 2 [pessoa jurídica e espaços coletivos] e lançamento dos editais da Linha 3”, informa o titular da Secec, Bartolomeu Rodrigues.

Dos 1.586 CPFs enviados, 535 foram considerados aptos a receber o auxílio emergencial e 903 tiveram os pedidos negados. Antes de encaminhar o material à Dataprev, a Secec removeu cadastros duplicados feitos pelos beneficiários e os de testes.

Os cadastros da Lei Aldir Blanc, tanto para a Linha 1 quanto para a 2, seguem abertos até as 23h59 do dia 30 de outubro.

0

Últimas notícias