Vídeo mostra sepultura do serial killer Lázaro Barbosa revirada

Um coveiro avisou a a administração do cemitério, que alertou a Polícia Civil de Goiás. Polícia investiga se ossos de Lázaro foram retirados

atualizado 16/03/2023 7:52

Sepultura Lázaro Barbosa Reprodução/Redes sociais

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a sepultura do serial killer Lázaro Barbosa violada no Cemitério de Cocalzinho de Goiás.

Assista abaixo:

Um coveiro foi quem percebeu que o túmulo foi revirado na quarta-feira (15). Ele avisou a a administração do cemitério, que alertou a Polícia Civil de Goiás, e o caso passou a ser investigado.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

Uma perícia precisou ser acionada para identificar se alguma parte do corpo de Lázaro foi levada. Até a última atualização deste texto, não havia qualquer confirmação se restos mortais do assassino teriam sido retirados do túmulo.

Lazaro Barbosa, criminoso morto após chacina no entorno do DF - Metrópoles
Lazaro Barbosa, criminoso morto após chacina no entorno do DF – Metrópoles

Relembre o caso

Em 9 de junho de 2021, Lázaro matou quatro integrantes da família Vidal e espalhou terror no Distrito Federal e Entorno. Digitais dele foram encontradas na casa das vítimas, no Incra 9, Ceilândia.

Investigações apontam que Lázaro usou arma de fogo e faca para matar Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15, após invadir a chácara em que eles moravam. O assassino ainda levou a mulher de Cláudio, Cleonice Marques de Andrade, 43.

O corpo dela foi achado no dia 12 de junho, por um grupo de moradores, empenhados nas buscas pela dona de casa. O laudo indica que Cleonice levou um tiro na cabeça e aponta indícios de violência sexual.

Parentes de vítimas de chacina exigem resposta

Após os assassinatos, Lázaro empreendeu fuga que durou quase um mês. O criminoso acabou morto por pelo menos 38 disparos, em 28 de junho daquele ano, após trocar tiros com policiais em uma mata nas imediações da casa da ex-sogra, em Águas Lindas (GO).

Mais lidas
Últimas notícias