Iprev pede concurso para analistas com salários de até R$ 8 mil

Seleção e remuneração, contudo, dependem de aprovação da Secretaria de Economia. Medida está dentro de pacote de modernização do instituto

atualizado 23/02/2020 15:51

Para evitar problemas semelhantes aos enfrentados nos postos de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), com fila de 1,7 milhão de pessoas, o Instituto de Previdência dos Servidores do DF iniciou a implementação de um pacote de medidas. Além de reforma na área de análise e concessão do benefício e de quadruplicar o número de atendentes, o Iprev prepara lançamento de concurso público para abril deste ano.

O projeto de lei para análise do certame está adiantado. O Iprev passou as diretrizes à Secretaria de Economia para criar a carreira de analista com foco na área previdenciária. O salário deve ser parecido com o aplicado em âmbito federal: de R$ 5 mil a R$ 8 mil para início de carreira.

A previsão é de que, antes da Semana Santa, a proposição siga do Executivo local para análise da Câmara Legislativa. Como o documento precisa se enquadrar à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), ainda não é possível estimar o número de vagas. Quando chegar à CLDF, a proposta já terá as previsões de impacto financeiro.

Chamamento

Enquanto o concurso público é analisado pela Secretaria de Economia, o Iprev implementa medidas imediatas. “O instituto está concluindo um chamamento direcionado a servidores que exercem funções previdenciárias nas secretarias de Educação e de Saúde. Ao todo, a previsão é de chamar 20 servidores”, ressaltou o presidente do órgão, Ney Ferraz.

Segundo o gestor do Iprev, a proposta já está na Casa Civil, na iminência de ser publicada. “Esses servidores receberão a mesma remuneração que têm em seus cargos de origem. Não serão criados cargos ou funções”, completou o titular do instituto.

Trabalho no Carnaval

Com os servidores já lotados no Iprev, a área de atendimento será quadruplicada. Hoje, somente duas pessoas fazem esse serviço na sede do Iprev. Com a mudança, serão oito na linha de frente.

“O Iprev, juntamente com o governador Ibaneis Rocha (MDB), busca fazer planejamento e programação de expansão do instituto. Atualmente, conseguimos despachar os processos em menos de 15 dias, mas sabendo que a demanda só tende a aumentar, estamos preocupados desde este momento e iniciamos uma expansão”, acrescentou Ferraz.

A ampliação da quantidade de guichês já começou. A parte de obras será concluída ainda no mês de fevereiro. No sábado de Carnaval (22/02/2020), o presidente do instituto acompanhou as mudanças.

Veja fotos:

 

0

Últimas notícias