Ibaneis: testes em massa vão nortear volta às atividades no DF

Governador pretende fazer 450 mil exames até o fim de maio no DF, cerca de 15% da população. Testagem começou nesta terça (21/04)

atualizado 21/04/2020 15:48

O governador Ibaneis Rocha (MDB) visitou o posto de testes para diagnóstico do novo coronavírus no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha na manhã desta terça-feira (21/04). Segundo o emedebista, a testagem em massa é fundamental para o combate contra a Covid-19.

O próprio Ibaneis aproveitou para fazer um exame. Mais uma vez, o resultado foi comemorado – ele já havia feito o teste outras vezes. “O meu deu negativo”, pontuou.

De acordo com o governador, o mapeamento vai nortear as ações do governo para a reabertura gradual do comércio e das atividades na cidade.

“Nós temos que identificar quantas pessoas estão infectadas para saber as medidas que tomaremos a partir do dia 3 de maio. Por isso, agora, o momento é de testagem em massa”, enfatizou Ibaneis.

A data é a prevista para o fim da suspensão do comércio. “A confiança da população é que a reabertura do comércio dê certo”, assinalou.

Segundo o governador, os primeiros pontos de testes foram em Águas Claras e no Plano Piloto. Entretanto, o governo não está restringindo moradores de outros regiões.

“O que nós recomendamos é que as pessoas deem preferência para testar aqueles que convivem com idosos e pessoas com comorbidades”, aconselhou.

Até final de maio, o governador planeja fazer 450 mil testes no DF. “Isso significa um número próximo a 15% da nossa população”, apontou. E detalhou que exames de saliva e mucosa, para o resultado mais preciso, são feitos em pacientes sintomáticos.

Veja fotos da iniciativa no Plano Piloto:

0

Escolas cívico-militares

Ibaneis também comentou sobre os desdobramentos da reunião com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na segunda-feira (20/04). O chefe do Planalto pediu ao governador a reabertura das escolas cívico-militares. O emedebista disse que ainda não tem a resposta, mas mostrou, novamente, simpatia à ideia.

O governador disse que foi bem recebido por Bolsonaro. “Achei interessante a ideia. Mas eu dependo da análise da Secretaria de Educação com a Secretaria de Segurança”, explicou.

“Me pareceu uma excelente ideia porque nós temos um público de alunos mais reduzido: são 14 mil. Onde nós temos condições de proporcionar mais higiene, fazer testes em todos alunos e estar próximo dessas famílias”, comentou o governador.

Por isso, Ibaneis elogiou o pedido. “Nós vamos ter que reabrir as escolas. E vamos ter que estar preparados”, concluiu. Para ele, seria uma experiência exitosa. Segundo Ibaneis, Bolsonaro estava bastante sereno durante a conversa.

Máscaras

Além dos testes, o governo também vai distribuir máscaras. O GDF adquiriu 1 milhão delas por meio do Sistema Fibra. “A gente vai ter que criar o costume de usar a máscara. Lavando as mãos sempre que possível”, continuou.

A testagem em massa para detectar o coronavírus começou nesta terça-feira (21/04), por meio de drive-thru. O objetivo é evitar aglomerações e reduzir a transmissão da doença. De acordo com a Secretaria de Saúde, cerca de 100 mil exames serão feitos neste momento inicial.

Duas cidades fazem parte da primeira fase da iniciativa: Plano Piloto e Águas Claras. Nas duas há maior incidência dos casos da doença. O grupo prioritário para testagem serão as pessoas com sintomas de gripes, incluindo febre.

Últimas notícias