Ibaneis reforça meta de vacinar 70% da população do DF até outubro

Chefe do Executivo afirmou que 23% dos moradores do DF já receberam a primeira dose. "Estamos diminuindo as idades semanalmente", disse

atualizado 09/06/2021 12:16

Ibaneis Rocha na assinatura da ordem de serviço para construção do Hospital Oncológico de BrasíliaHugo Barreto/Metropoles

O governador Ibaneis Rocha (MDB) acredita que, até outubro, 70% da população do Distrito Federal estará vacinada contra a Covid-19, caso seja mantida a regularidade de entrega semanal dos imunizantes. “Vamos avançar cumprindo o cronograma de, até outubro, ter em torno de 70% da população vacinada. O que já daria a imunidade de rebanho”, disse o chefe do Executivo local, após assinar, nesta quarta-feira (9/6), ordem de serviço para a construção do Hospital Oncológico de Brasília Jofran Frejat.

Na avaliação de Ibaneis, o DF está avançando bem na campanha de imunização. “Temos hoje em torno de 23% da população vacinada com a primeira dose. Estamos entrando nos grupos e diminuindo as idades semanalmente”, relembra o gestor.

Moradores do Distrito Federal com 58 anos e que não têm comorbidades começaram a receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19, na terça-feira (8/6).

De acordo com a Secretaria de Saúde do Distrito Federal, a inclusão da nova faixa etária foi possível graças ao remanejamento de doses restantes de grupos prioritários contemplados anteriormente e que, por algum motivo, não buscaram a vacinação.

Dados da Codeplan estimam que vivem no DF aproximadamente 28 mil pessoas nessa faixa etária, e cerca de 20 mil indivíduos estariam aptos a se vacinar. Os demais já teriam sido imunizados em grupos prioritários.

As pessoas que agendarem e não comparecerem para receber a vacina em até cinco dias após a data marcada perdem a prioridade na imunização caso não tenham justificativa.

Chegada de 30 mil novas doses

O DF recebeu, na segunda-feira (7/6), 30.420 doses da vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech.

Todas as unidades do imunizante serão reservadas para a primeira dose. Do total, 18.069 são destinadas a pessoas com comorbidades, gestantes e deficientes. O grupo prioritário da educação vai ficar com 8.300 doses. Já para as forças de segurança serão destinadas 1.457 unidades. A menor quantidade será para os aeroportuários: 320.

Profissionais das forças de segurança devem procurar a vacinação no ponto da Praça dos Cristais, mediante lista nominal produzida pela Secretaria de Segurança Pública. Ao longo desta semana, os professores da educação básica continuam sendo vacinados nas UBS da região central. A partir da próxima semana, esse público deve buscar o ponto de vacinação da Praça dos Cristais.

Já os funcionários do sistema de transporte aeroportuário devem comparecer à UBS nº 3 do Guará, também mediante lista nominal feita pela Inframerica.

Saiba como as vacinas contra Covid-19 agem no organismo:

0

Últimas notícias