Ibaneis recebe comitê para decidir sobre regularização de condomínios

Impasse em condomínios na Saída Norte se arrasta há mais de 11 anos. Negociações não avançaram por falta de consenso sobre preço dos lotes

URBANIZADORA PARANOAZINHO/DIVULGAÇÃOURBANIZADORA PARANOAZINHO/DIVULGAÇÃO

atualizado 30/05/2019 19:05

O governador Ibaneis Rocha (MDB) receberá, nesta sexta-feira (31/05/2019), uma comitiva composta por moradores de 54 condomínios na Saída Norte do Distrito Federal e representantes da Urbanizadora Paranoazinho (UP). O impasse fundiário se arrasta há mais de 11 anos devido à falta de consenso quanto ao preço dos lotes.

Após a instituição do Comitê de Mediação pela Regularização Fundiária, em janeiro deste ano, cinco reuniões foram realizadas entre a empresa, moradores e representantes do GDF. Como resultado, chegou-se à proposição de valores abaixo do custo para condomínios do Grande Colorado, Boa Vista e Contagem (I, II e III), em Sobradinho.

Antes das ocupações, o local era a Fazenda Paranoazinho, de propriedade da UP. Parte dos moradores entrou na Justiça com uma ação de usucapião para conseguir a posse dos lotes. Nesse contexto, recentemente, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o recurso de um dos condomínios, o Solar de Athenas, sobre a questão.

Em reuniões anteriores, os moradores defenderam o valor único de R$ 60 pelo metro quadrado para toda vizinhança. Por outro lado, a UP apresentou uma proposta com cinco faixas de preços. As negociações travaram e a empresa abaixou a proposta.

Para a área de Contagem I, o preço ficou em R$ 58,23; para Contagem II, R$ 71; em Contagem III, R$ 104; para Boa Vista, R$ 110; e em relação ao Grande Colorado, R$ 100.

A UP criou um simulador que fornece valores de acordo com o condomínio e a metragem do lote.

Últimas notícias