Ibaneis inaugura a UPA de Planaltina: “Pela melhoria da saúde”

Ibaneis Rocha entregou a nova unidade, que fica no Mestre D'Armas. Mais duas serão entregues em breve, totalizando sete UPAs no DF

atualizado 08/12/2021 13:24

Ibaneis RochaRafaela Felicciano/Metrópoles

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), inaugurou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Planaltina nesta quarta-feira (8/12). A unidade é a quinta entregue neste governo.

O novo serviço de emergência em saúde fica no Setor Habitacional Mestre D’Armas, Quadra 23, Módulo 2, Lote 1.

As obras das UPAs são administradas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF). Assim como as outras quatro unidades (Ceilândia, Paranoá, Gama e Riacho Fundo 2), a de Planaltina terá capacidade de 4,5 mil atendimentos por mês.

Mais duas UPAs serão inauguradas em breve — Brazlândia e Vicente Pires —, totalizando sete novas UPAs. Quando todas estiverem em pleno funcionamento, vão poder atender 31,5 mil pessoas por mês.

“Quando a gente tira do papel sete UPAs, 21 UBSs, a UTI do Hospital de Planaltina, um Hospital do Câncer, sabemos que esse grupo político trabalha pela melhoria da saúde da população do DF”, disse Ibaneis.

“Trabalhamos todos os dias com a melhoria desse Sistema Único de Saúde (SUS), que deu uma prova para o mundo inteiro que é o melhor existente. Atende a todos de forma indiscriminada”, acrescentou.

Durante o discurso, o governador criticou a atuação de outros governantes que estiveram à frente do Palácio do Buriti.

“(O ano de) 2022 vai ser o ano da lorota. Porque quem nunca trabalhou pelo DF vai querer aparecer. Quem teve a oportunidade de fazer alguma coisa, como o governo do PT e do PSB, vão querer voltar com a mentira. Esse grupo político junto com vocês não vai deixar isso acontecer. Aqui tem serviço prestado todos os dias. Em todas as áreas”, comentou.

O governador ainda anunciou que haverá licitação para a construção de mais duas UPAs no DF, no Guará e na Cidade Estrutural.

Infraestrutura

A UPA de Planaltina tem área de 1,2 mil metros quadrados e conta com dois leitos de atendimento crítico emergencial na Sala Vermelha, seis leitos de observação e um leito de isolamento na Sala Amarela, 10 poltronas de medicação/inalação e reidratação na Sala Verde e três consultórios, além de sala para classificação de risco.

O Iges-DF equipou a unidade para realizar exames laboratoriais de urgência, eletrocardiografia e radiografia. O equipamento de radiografia e o laboratório não são obrigatórios nas UPAs, conforme normatização do Ministério da Saúde, mas o Iges-DF decidiu oferecer mais esses serviços.

O funcionamento é diário e por 24h. Foram contratados por processo seletivo, feito pelo Iges-DF, 146 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros, técnicos e outros colaboradores para atender os pacientes.

Mais lidas
Últimas notícias