Homem que matou Evelyne não era efetivo do sistema socioeducativo

Segundo o SINDSSE, Vinícius atuou no sistema entre 2014 e 2016 mediante contrato temporário

atualizado 28/03/2021 12:56

Vinícius Fernando Silva Camargo e Evelyne Ogawa,Reprodução

Vinícius Fernando Silva Camargo, de 30 anos, suspeito de matar a esposa Evelyne Ogawa, de 38 anos, na noite da última sexta-feira (26/3), não era efetivo da Carreira Socioeducativa do Distrito Federal. A informação é do Sindicato de Servidores do Sistema Socioeducativo (SINDSSE/DF).

Em nota divulgada neste domingo (28/3), o SINDSSE afirmou que o homem atuou no sistema entre 2014 e 2016 mediante contrato temporário e que, para ser efetivado, é necessário prestar concurso e passar por exames psicológicos e investigação social.

A nota diz ainda que “fatos lamentáveis como esse reforçam a necessidade de uma política de valorização do serviço público, com critérios rigorosos de ingresso nos cargos, afim de coibir o ingresso de pessoas com antecedentes criminais, péssima conduta social e personalidade voltada para o crime”.

Entenda o caso

A radialista Evelyne Ogawa, de 38 anos, foi morta pelo marido na noite dessa sexta-feira (26/3) na casa em que morava, em um condomínio em Samambaia Sul. Vinícius Fernando Silva Camargo, de 30 anos, compareceu à 26ª Delegacia de Polícia acompanhado do advogado na tarde deste sábado (27/3) para confessar o crime.

O agressor utilizou um fio elétrico para matar a vítima por estrangulamento. Segundo apuração do Metrópoles, a apresentadora manteve um relacionamento com o agressor por mais de três anos. Durante o período, a família não tomou conhecimento de nenhum outro caso de violência. Ele já tinha antecedentes criminais, por ter agredido a estudante Eslândia Rodrigues, 26 anos, em 2017.

Na quinta-feira (18/3), o homem teria saído de casa e ficado sem dar notícias. A vítima então proibiu a entrada dele no condomínio em que moravam. Depois do fim de semana, após uma discussão, a radialista permitiu a entrada do companheiro no prédio. O crime teria ocorrido poucos dias depois, na noite dessa sexta-feira.

Últimas notícias