Morta pelo marido, Evelyne Ogawa era apresentadora de TV e rádio

A radialista foi vítima de feminicídio nessa sexta-feira (26/3). O homem foi até a 26ª DP e confessou o crime neste sábado

atualizado 28/03/2021 16:49

Reprodução/Instagram

Morta pelo marido na noite da última sexta-feira (26/3), Evelyne Ogawa, de 38 anos, era apresentadora de televisão, radialista, assessora artística e produtora. Usuária assídua das redes sociais, ela adorava compartilhar frases inspiradoras e seu cotidiano com seus mais de 10 mil seguidores.

Em sua última publicação no Facebook, ela escreveu: “Não sei como termina a minha história, mas em nenhuma página dela você vai ler: – Ela desistiu”. Neste sábado, o marido de Evelyne, Vinícius Fernando da Silva Camargo, compareceu à 26ª DP e confessou ter matado a esposa enforcada com um fio elétrico no dia anterior.

Nos comentários no Instagram, uma série de homenagens. “Meu amor, minha amiga o mestre Jesus já te acolheu… Seu legado aos que te amam será eterno”, escreveu a amiga Nyedja Gennari.

Fã de música sertaneja, a brasiliense trabalhava há sete anos na Rádio Federal, onde narrava os programas “Frequência Federal” e “Programa Evelyne Ogawa”.

A estação emitiu uma nota de pesar em homenagem à radialista: “Foram sete anos de convivência com uma menina mulher que tinha muitos sonhos. Estamos perplexos e tristes com uma notícia tão devastadora. Que Deus abençoe e conforte todos os amigos e familiares da nossa querida Evelyne Ogawa”.

Entenda o caso

Evelyne foi assassinada pelo marido, Vinícius, com quem mantinha um relacionamento há mais de três anos. Ele já tinha antecedentes criminais, por ter agredido a estudante Eslândia Rodrigues, 26 anos, em 2017. 

Na quinta-feira (18/3), o homem teria saído de casa e ficado sem dar notícias. A vítima então proibiu a entrada dele no condomínio em que moravam. Depois do fim de semana, após uma discussão, a radialista permitiu a entrada do companheiro no prédio. O crime teria ocorrido poucos dias depois, na noite dessa sexta-feira (26/3).

Últimas notícias