Homem finge fazer a família refém e dá tiros em casa no DF. Vídeo

Caso aconteceu em Arniqueira. Autor ligou para a Polícia Militar a fim de denunciar suposto crime após mulher e filhos deixarem a residência

ReproduçãoReprodução

atualizado 28/11/2019 17:25

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) precisou acionar, nesta quinta-feira (28/11/2019), o Batalhão de Operações Especiais (Bope) para controlar um homem armado, de 41 anos, que dizia fazer a mulher e filhos reféns em uma chácara da região de Arniqueira. Apesar do susto, depois de algumas horas de negociação, foi constatado que não havia ninguém na residência.

O caso teve início por volta das 7h30 da manhã. A corporação recebeu uma ligação informando que o suspeito estava armado ameaçando a própria família, mas não obteve o endereço. Retornando a chamada ao número que fez a denúncia, a atendente percebeu que o próprio denunciante era a pessoa que estaria supostamente com os familiares sob a mira de um revólver.

Com cuidado, a militar evoluiu nas conversas e percebeu que, na verdade, não havia ninguém em cárcere. Na verdade, o homem havia discutido com a esposa na noite anterior e, após ver a mulher sair para levar as filhas para a escola, teve uma crise. “Mesmo assim, ele falou que queria matar a polícia que estava lá, que não tinha medo de nada”, relata o Major Michello Bueno, que acompanhou a operação.

Ainda no telefone com a atendente da PMDF, ele disse que só se entregaria caso a mulher aparecesse. Depois de muita negociação, o homem entregou a arma descarregada e acompanhou os militares até a 21ª  Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul), onde foi feita a prisão em flagrante por disparo de arma de fogo. O autor ainda quebrou vários pertences da família.

A esposa do indiciado foi ouvida pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e afirmou que não estava no imóvel quando os disparos foram feitos. O homem pagou fiança de R$ 3.000 e responderá em liberdade.

Veja o homem ameaçando policiais do lado de fora da casa:

Últimas notícias