Homem é picado por escorpião enquanto assistia a filme em cinema do DF

Caso ocorreu durante sessão do longa-metragem infantil Aladdin exibida em sala do Multicine Cinemas no Santa Maria Shopping

atualizado 12/06/2019 18:53

Material cedido ao Metrópoles

Um homem foi picado por um escorpião enquanto assistia a uma sessão do filme Aladdin exibida no Multicine Cinemas localizado no Santa Maria Shopping. Ao Metrópoles, Luiz Paulo Rodrigues, 31 anos, relatou ter sentido muita dor em decorrência da picada e que chegou, inclusive, a “gritar de dor no meio da exibição”.

“Tirei um momento do meu dia para relaxar e decidir ir assistir ao filme. Inicialmente, levaria meu sobrinho, mas de última hora ele não pôde. Procurei um lugar na sala, me sentei e, pouco tempo depois, comecei a sentir uma dor muito forte e não sabia de onde vinha e o que tinha provocado essa dor”, contou o administrador. “Eu gritava de dor e cheguei a assustar as pessoas que estavam na sala.”

Chocados com os gritos de Luiz Paulo, os demais presentes procuraram ajudá-lo e, quando acenderam as lanternas do celulares, descobriram que o homem havia sido picado por um escorpião. “Assim que percebi do que se tratava, pedi socorro aos funcionários do cinema, mas eles demoraram para me ajudar”, reclamou. O caso aconteceu nessa segunda-feira (10/06/2019).

Luiz diz que, só depois de muito tempo, um funcionário o colocou dentro de um carro e o levou ao Hospital Regional de Santa Maria (HRSM). No entanto, ele não conseguiu atendimento médico na unidade de saúde. O administrador e o funcionário, então, se dirigiram ao Hospital Regional do Gama (HRG), onde Luiz foi medicado com soro e antialérgicos.

Para Luiz, houve negligência e descaso por parte do cinema. “Foi uma situação completamente traumática. Eu me senti desrespeitado, um absurdo. A sala estava cheia de crianças, e eu levaria meu sobrinho, ainda. Já pensou? Se eu, que sou adulto, gritei de dor, imagina meu sobrinho, que é apenas uma criança”, disse.

0

A reportagem tentou contato com o Multicine Cinemas para que a empresa comentasse o episódio, mas não obteve retorno até a última atualização desta matéria.

Últimas notícias