Homem atropelado em acidente na Rodoviária do Plano recebe alta

Diogo Cardoso, 39 anos, é uma das cinco vítimas atropeladas em uma parada de ônibus na Rodoviária do Plano Piloto

atualizado 06/07/2022 14:29

Diogo Cardoso, 39 anos, uma das cinco vítimas atropeladas em uma parada de ônibus na Rodoviária do Plano Piloto, na manhã desta quarta-feira (6/6), recebeu alta do Hospital de Base do Distrito Federal.

O homem saiu do centro médico acompanhado de uma prima e uma tia. Ao Metrópoles, Diogo contou que sofreu fratura na cabeça, mas passa bem.

“Agora são muitas dores. A recuperação pode ser feita em casa. Não precisei passar por nenhuma cirurgia, vou repousar em casa”, afirma o homem que mora em Samambaia.

De acordo com a família, Diogo está desempregado e foi à Rodoviária a fim de resolver questões no Na Hora.

O carro de passeio atingiu cinco pessoas. Gisele Boaventura Silva, 54 anos, que estava sentada no ponto de ônibus, morreu ao ser arremessada para a parte debaixo, na Via N1, a cerca de 2km do Congresso Nacional. Ela ainda teve as pernas amputadas.

Maria José Castro, 40 anos, estava com a filha de cinco anos nos braços quando foi atingida pelo veículo. Ela segue em estado grave no Hospital de Base. A bebê fraturou uma perna e recebeu alta nesta manhã.

Familiares de homem atropelado em acidente na Rodoviária: “Está bem”

O motorista do veículo Ronaldo Soares, 54 anos, também foi transportado para o Hospital de Base, junto com a esposa Tânia, 36 anos, que estava no veículo. Ele quebrou um dedo e ela teve escoriações leves devido os estilhaços de vidro. Os dois também tiveram alta hospitalar.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre o Distrito Federal por meio do WhatsApp do Metrópoles-DF: (61) 9119-8884.

Mais lidas
Últimas notícias