Ministro de Temer, Gustavo Rocha será o secretário de Justiça do DF

O governador Ibaneis Rocha (MDB) confirmou o nome ao Metrópoles na tarde desta terça-feira (13/11)

atualizado 13/11/2018 14:56

Gustavo RochaMarcello Casal Jr./Agência Brasil

O governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) definiu mais um nome para o primeiro escalão do GDF. Trata-se do secretário de Justiça. A pasta será comandada pelo ministro dos Direitos Humanos e subchefe da Casa Civil da Presidência da República, Gustavo Rocha, conforme o emedebista confirmou ao Metrópoles.

Ibaneis disse que Gustavo “conhece bem a cidade, os ministérios e tem excelente relacionamento com o Poder Judiciário”. “Recriar na Secretaria de Justiça a intermediação da relação com as instituições judiciárias é importante e ele empenha muito bem esse papel no governo [do presidente da República Michel Temer]”, disse.

De acordo com o emedebista, as últimas gestões não deram “prestígio correto às instituições” ligadas ao setor. “Como professor universitário, advogado conhecido e com a experiência na Secretaria de Assuntos Jurídicos, vai ser um nome que fará a interlocução perfeita”, declarou Ibaneis.

Rocha é advogado e tem 45 anos. Está no governo federal desde 13 de maio de 2016. Em fevereiro deste ano, passou a acumular as duas funções na gestão do presidente Michel Temer (MDB).

O atual ministro participou de um jantar na residência de Ibaneis, no Lago Sul, em 30 de outubro. No encontro, também estiveram os ministros da Saúde, Gilberto Magalhães Occhi; das Cidades, Alexandre Baldy; e o governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM).

Também nesta terça-feira (13/11), Ibaneis anunciou Rafael Parente como futuro secretário de Educação, conforme antecipou o Metrópoles, e o coronel Carlos Emilson Ferreira dos Santos como comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal.

 

Mais lidas
Últimas notícias