Grupo voluntário faz festa natalina com comida e música em hospital

Grupo Irmã Dulce da Rede Feminina de Combate ao Câncer oferece jantar a acompanhantes do Hospital de Base

atualizado 02/12/2021 22:46

vários coolers e pessoas em péIgo Estrela/Metrópoles

O Grupo Irmã Dulce da Rede Feminina de Combate ao Câncer realizou nesta quinta-feira (2/12) uma festa natalina para acompanhantes do Hospital de Base. Os voluntários comemoraram com muita música e comida.

Lucia Reis, 38 anos, uma das coordenadoras do grupo, diz que foi muito importante voltar a ter a comemoração de Natal após um ano tão difícil como foi 2020. “Ano passado a gente não pôde ter e agora estamos podendo trazer esse aconchego, amor e carinho”, comenta.

Este é apenas um dos grupos que fazem parte da rede. Atualmente, o Irmã Dulce tem 15 voluntários. “Nós trazemos alimentos e música para os pacientes todas as quintas. Cada vez mais a gente consegue novas pessoas para nos ajudarem”, diz Lúcia.

0

Um dos voluntários é o dentista Sérgio Almeida, 58 anos. Há 3 anos ele contribui para a festa tocando violão e cantando. “É muito bom poder compartilhar essa emoção novamente. Ano passado foi bem difícil, mas espero que no ano que vem as coisas voltem ao normal e a gente possa fazer cada vez mais coisas e ajudar cada vez mais”, projeta.

A administradora Patrícia Costa, 54, também é voluntária e volta aos encontros pela primeira vez, desde o início da pandemia, à festa natalina. “Tenho problema de pulmão grave e deixei de vir. Agora com a 3ª dose que achei melhor”, explica.

Patrícia é responsável por ajudar a fazer a comida servida. Para este Natal, ela fez bem-casados e pipoca. “É um trabalho louvável que fico muito feliz de fazer parte”.

Conheça o grupo

O grupo apoia a Rede Feminina de combate ao Câncer de Brasília. Os voluntários realizam entrega de lanches e levam alegria ao Hospital de Base.

Mais lidas
Últimas notícias