Grupo especializado em estelionato sentimental faz vítimas no DF

Segundo apuração da Delegacia de Atendimento a Mulher, nigerianos que atuam em todo o país enganaram brasiliense

atualizado 08/04/2021 22:09

agente em ruela de SPDivulgação/PCDF

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) cumpriu mandado de busca e apreensão em São Paulo, para investigar um caso de estelionato sentimental cuja vítima é do DF.

A delegada-chefe da Delegacia de Atendimento a Mulher (Deam), Ana Carolina Litran, explica que esse tipo de golpe acontece quando alguém tenta obter vantagem indevida valendo-se da confiança de relacionamento amoroso.

Os agentes da Deam, que investigam o caso, cumpriram o mandado nessa quarta-feira (7/4). Eles apreenderam celulares e documentos que comprovam o crime.

“Esse autor se passa por um homem branco, estrangeiro, com boa profissão, mas é uma falácia. No fundo, são nigerianos que vivem em São Paulo e dão esse golpes para remeter o dinheiro para fora do país”, explicou a delegada.

Veja a explicação da delegada:

 

Ela conta que existe uma mesma forma de atuação em todos esses casos. “Fiz um levantamento rápido e nas últimas 16 ocorrências é da mesma forma. Um autor que mantém contato pela internet envolve a vítima com galanteios e começa um relacionamento”, explica Litran.

“Com o passar do tempo começa a pedir dinheiro, e são várias desculpas que aparecem”, conta. A delegada informa que é possível denunciar casos do tipo em qualquer delegacia do DF, ou nas duas delegacias especializadas de Atendimento à Mulher.

0

Últimas notícias