*
 

A Casa da Mãe Preta do Brasil vai receber uma doação de R$ 30 mil do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes. A quantia é referente à indenização que ele ganhou em ação movida contra a atriz Mônica Iozzi, condenada pela Justiça de Brasília por atingir a honra e imagem do juiz da mais alta Corte do país em um post na internet.

A creche funciona no Park Way e atende 115 crianças com idade entre 2 anos e meio e 3 anos e meio. Os meninos e meninas passam a semana no local ,e no fim de semana, retornam à casa dos pais e responsáveis. Filhos de pessoas que não têm condições de dar assistência em tempo integral, as crianças são mantidas com verba do Governo do DF e doações.

A informação divulgada pela coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, nesta quarta-feira (5/10) pegou a direção da entidade de surpresa. “É mesmo? Que coisa boa!”, reagiu Rosiney Peter Cândido Ferreira, uma das administradoras. A Casa da Mãe Preta foi fundada em 1960 e, além de alimentação, oferece atividades pedagógicas às crianças.

Para a Justiça, a atriz “extrapolou os limites de seu direito de expressão” quando criticou a decisão de Gilmar Mendes de conceder habeas corpus ao ex-médico Roger Abdelmassih, indiciado por crimes de estupro e manipulação genética irregular. Iozzi anunciou que vai recorrer da decisão.

 

 

 

COMENTE

Gilmar MendesMônica Iozzicasa da mãe preta
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito