Forças de segurança do DF podem agendar vacinação nesta segunda

Os profissionais poderão receber as doses contra a Covid-19 em três drive-thrus nos dias 20, 22 e 23 de abril. São 2.237 vagas abertas

atualizado 19/04/2021 7:39

vacinação de servidores da PCDFRafaela Felicciano/Metrópoles

A Secretaria de Saúde do DF abre, nesta segunda-feira (19/4), vagas para vacinação contra a Covid-19 para os profissionais das forças de segurança do DF. A partir das 8h, 2.237 vagas para imunização de policiais militares, civis e federais, agentes do Detran, militares do Corpo de Bombeiros e forças que apoiam o decreto das medidas restritivas do GDF ficam disponíveis.

A lista com nome e CPF dos contemplados nesta fase foi enviada à Saúde. O número de vagas disponibilizadas é igual ao quantitativo informado. Para agendar dia, local e horário da vacinação, os profissionais devem acessar a página vacina.saude.df.gov.br.

Ao todo, serão três drive-thrus para atender a esse público: Parque da Cidade (estacionamento 13), Shopping Iguatemi e Faculdade Unieuro, em Águas Claras. A vacinação ocorrerá nos dias 20, 22 e 23 de abril. Essa é a terceira semana em que a Saúde abre a vacinação para os profissionais de segurança.

Anteriormente, a vacinação para esse público ocorria em UBSs da Região Centro-Sul. Segundo a Secretaria de Saúde, a mudança nos pontos de vacinação ocorre para otimizar o processo de vacinação. Não haverá concorrência entre os membros das forças de segurança para obtenção de vagas. O agendamento tem o objetivo de definir apenas a data e o local da vacinação.

Vacinação escalonada

A Secretaria de Segurança Pública enviou à Secretaria de Saúde os nomes e CPFs dos profissionais que serão contemplados neste primeiro momento. A Polícia Federal também enviou os dados.

Visando contemplar os profissionais mais expostos às ações de combate à Covid-19, a vacinação ocorrerá de forma escalonada e proporcional, direcionando exclusivamente os seguintes trabalhadores das forças de segurança e salvamento e forças armadas, ordenados por prioridade:

– Trabalhadores envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes;
– Trabalhadores envolvidos em resgates e atendimento pré-hospitalar;
– Trabalhadores envolvidos diretamente nas ações de vacinação contra a Covid-19.
– Trabalhadores envolvidos nas ações de vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público independente da categoria.

Os demais trabalhadores das forças de segurança pública e forças armadas, que não se enquadram nessas atividades, serão vacinados de acordo com o andamento da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Covid-19.

Últimas notícias