Fogo na Feira dos Importados atinge 44 bancas; botijão alastrou chamas

O Corpo de Bombeiros encontrou botijão de gás em meio às bancas destruídas pelo incêndio na Feira do Importados. Item é proibido no espaço

atualizado 30/05/2022 14:09

Incêndio atingiu a Feira dos Importados, no SIAHugo Barreto/Metrópoles

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) confirmou, na manhã desta segunda-feira (30/5), que 14 bancas ficaram completamente destruídas pelo fogo que atingiu a Feira dos Importados, no Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA). Segundo a corporação, outras 30 bancas acabaram atingidas indiretamente — no total, há 2 mil no espaço.

O local começou a pegar fogo entre a noite desse domingo (29/5) e a madrugada desta segunda-feira (30/5). Os militares encontraram um botijão de gás (foto em destaque) próximo aos quiosques destruídos pelas chamas — o uso é liberado apenas para lanchonetes e restaurantes. Segundo a corporação, durante o incêndio, estourou a válvula desse recipiente, ajudando a alastrar as chamas.

Vídeo: incêndio atinge bancas da Feira dos Importados, no SIA

O incêndio é considerado de grande proporção, e a perícia avalia as causas do incidente. As bancas atingidas ficam no Bloco B. A maioria revendia roupas, óculos e eletrônicos.

Veja imagens do local:

Publicidade do parceiro Metrópoles
0

“Devido à temperatura da fumaça ser muito alta, várias outras bancas acabaram com mercadorias derretidas. Tem muita fumaça acumulada no teto, e o local ainda está muito aquecido; por isso, ainda estamos apagando pequenos focos”, explicou o coronel Fábio Ribeiro, chefe da comunicação social do Corpo de Bombeiros.

A feira segue interditada, e os comerciantes não serão liberados para entrar nas lojas nesta segunda. “A fumaça é muito tóxica, e há muitos riscos se tivermos pessoas circulando no local. Não será permita a entrada de ninguém. Amanhã, será feita nova avaliação para liberarmos a entrada de pessoas”, finalizou Fábio.

Falhas na rede elétrica

Alguns comerciantes denunciaram falhas na rede elétrica. Maria José, que trabalha na Feira dos Importados há 26 anos, contou ao Metrópoles que o prejuízo dela pode chegar a R$ 120 mil.

O jovem Isaque Barcelos, 25 anos, ajuda a mãe na feira e diz ter reparado que há fiação desprotegida. “Fios descascados e embolados, parecendo ninho de rato. Com certeza, há problemas no sistema de energia da feira. Nós não tínhamos ideia, mas o estrago era certo pela condição em que os fios estavam”, afirmou.

A Cooperativa de Produção e Compra em Comum dos Empreendedores da Feira dos Importados do Distrito Federal (Cooperfim) reforçou que “laudo do Corpo de Bombeiros vai apontar o foco do incêndio e, posteriormente, perícia da Polícia Civil determinará a causa”.

Acrescentou que a “Defesa Civil fará vistoria no local no início desta tarde para fazer a liberação do espaço, que deve reabrir nesta terça-feira (31/5).

A Cooperfim, no entanto, não comentou a denúncia dos comerciantes sobre possível falha na rede elétrica da Feira dos Importados.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente

Mais lidas
Últimas notícias