Fim de semana violento: DF registra seis homicídios em 48 horas

Duas vítimas eram mulheres e foram mortas dentro de casa. Crimes ocorreram em Taguatinga, Ceilândia e Areal

atualizado 17/10/2021 20:22

iSTOCK

Em 48 horas, ao menos seis pessoas foram assassinadas no Distrito Federal. Os crimes ocorreram entre a noite da última sexta (15/10) e o fim da tarde deste domingo (17/10). Duas das vítimas eram mulheres e foram mortas dentro de casa.

Por volta da 1h40 deste domingo (17/10), Olívia Makoski, de 47 anos, foi morta com golpes de faca pelo companheiro, Francisco de Assis Guembitzchi, de 55. O homem se matou em seguida. Olívia tinha pedido medidas protetivas contra o assassino três semanas antes do crime.

Eles foram casados por 31 anos e tiveram três filhos juntos: um homem, atualmente com 29 anos, e duas mulheres, com 25 e 23 anos. A separação ocorreu em agosto, e os dois chegaram a continuar vivendo na mesma casa por um tempo, até que Olívia pediu para que houvesse a divisão de bens e cada um seguisse a própria vida.

Francisco, no entanto, não aceitou o término. Passou a perseguir a vítima com frequência, indo atrás dela, se escondendo e vigiando o que a mulher fazia. A tragédia ocorreu na residência do casal, no Sol Nascente, em Ceilândia. Peritos foram chamados para analisar a cena do crime. Olívia e Francisco tinham um restaurante na região.

Milena Cristina Gonçalves, de 24 anos, foi encontrada morta, dentro de casa, na QN 8 do Riacho Fundo II, na manhã de sábado (16/10). Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), ela apresentava um hematoma na região do pescoço.

De acordo com a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), o autor do crime disse que passou a noite com ela, mas não se lembra do que ocorreu após “uma relação sexual violenta”. O caso foi registrado na 27ª DP (Recanto das Emas). De acordo com o delegado Pablo Aguiar, o homem disse que foi para a casa da vítima com outras duas pessoas. “Lá houve consumo de bebida alcóolica e entorpecentes. Depois disso, ele levou todo mundo embora, mas voltou, pois os dois já teriam flertado”, conta.

Morte em motel

João Heli Costa Guerra, de 30 anos, também foi morto pelo companheiro. Vinícius de Lima Neves, 35 anos, teria aplicado um golpe mata-leão na vítima por cerca de 20 minutos depois de um suposto comportamento agressivo da vítima.

O crime ocorreu em uma suíte do motel Play Time, na madrugada deste sábado (16/10).Funcionários ouviram gritos de socorro vindos da suíte 15. Acionada, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) encontrou Vinícius sem camisa. João estava deitado no chão sem se mexer. O autor chegou a ligar para a mãe perguntando o que fazer após o crime.

Na noite da última sexta-feira (15/10), dois homens foram assassinados no Pôr do Sol, em Ceilândia. De acordo com informações da PMDF, os crimes ocorreram no intervalo de uma hora. Na Quadra 207, um homem de 43 anos foi assassinado a tiros por volta das 21h. Na Quadra 602, o crime ocorreu às 22h. A vítima tinha 41 anos.

Duas mortes foram no Pôr do Sol, em Ceilândia. De acordo com informações da PMDF, os crimes ocorreram no intervalo de uma hora. Na Quadra 207, um homem de 43 anos foi assassinado a tiros por volta das 21h. Na Quadra 602, o crime ocorreu às 22h. A vítima tinha 41 anos. Às 21h40, um rapaz de 19 anos foi morto na QS 11, no Areal, próximo ao balão de acesso à Águas Claras.

Mais lidas
Últimas notícias