Feminicídio: 41% das vítimas morreram por arma branca no DF em 2022

No domingo (2/10), uma moradora de Ceilândia, Vanessa Lopes, foi encontrada morta com sinais de esfaqueamento próximo a uma estação do metrô

atualizado 07/10/2022 7:35

Arte/Metrópoles

A moradora de Ceilândia Vanessa Lopes dos Santos, de 31 anos, foi encontrada morta no último domingo (2/10) com sinais de esfaqueamento ao lado de uma estação do metrô, na QNN 7. A tragédia reflete um padrão visto na maioria das mulheres vítimas de feminicídio neste ano no Distrito Federal.

De acordo com painel da Secretaria de Segurança Pública, até 23 de setembro deste ano, a pasta contabilizou 12 feminicídios. Em cerca de 41% dos casos, as vítimas (5) morreram por arma branca, 33% (4) por agressão física, 16% (2) por objeto contundente e 8% (1) por arma de fogo.

No caso de Vanessa, o suspeito é Douglas D’Aguiar de Sousa, 29 anos, companheiro da vítima. Ele teria fugido após cometer o crime e é procurado pela 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro).

Conforme os dados da SSP-DF, 45% dos autores têm entre 18 a 29 anos. A grande maioria deles acabaram presos após o feminicídio. Dos 12, apenas um não foi detido.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Vanessa

Oito das 12 mulheres vítimas de feminicídio no DF até setembro deste ano eram mães. Vanessa Lopes dos Santos também tinha filhos, dois adolescentes. Um deles, de 16 anos, chegou a testemunhar o crime.

De acordo com o registro da ocorrência, por volta das 20h30 de domingo, a Polícia Militar do DF (PMDF) localizou o corpo de Vanessa ao lado da cerca do metrô. Próximo à vítima, os agentes encontraram a faca usada no crime, que estava jogada no meio de arbustos.

Além disso, os policiais investigam se uma câmera de segurança nas proximidades do metrô teria filmado a fuga do autor após cometer o homicídio.

O corpo de Vanessa foi enterrado na manhã dessa quarta-feira (5/10).

Canais de denúncia

Polícia Civil do DF (PCDF)

  • Denúncia on-line: https://is.gd/obhveF;
  • Telefone: 197, opção zero;
  • E-mail: denuncia197@pcdf.df.gov.br;
  • WhatsApp: (61) 98626-1197.

Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF)

  • Telefone: 190.

Mais lidas
Últimas notícias