Esplanada fechada: confira rotas para acessar a área central de Brasília

Apoiadores de Bolsonaro que não aceitam resultado das eleições presidenciais de 2022 promovem ato na Esplanada nesta 4ª, feriado distrital

atualizado 30/11/2022 10:57

Policiais militares fazem bloqueio da Esplanada Breno Esaki/Especial Metrópoles

Após o fechamento da Esplanada dos Ministérios, quem precisar acessar a área central de Brasília deverá optar por rotas alternativas. O bloqueio na região ocorre devido à concentração de apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) no local.

Em frente ao Congresso Nacional, grupos de manifestantes promovem um ato nesta quarta-feira (30/11), feriado distrital pelo Dia do Evangélico, para dar continuidade à mobilização contrária ao resultado das eleições presidenciais de 2022.

O fechamento da via ocorreu na manhã dessa terça-feira (29/11). A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) informou que não há previsão de liberação dos trechos bloqueados, por enquanto.

Acampados, “patriotas” tuítam para Bolsonaro: “Perdi emprego e mulher”

Para quem precisar acessar a região, as alternativas são as vias anexas às pistas N2 e S2, nas laterais dos ministérios. O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) destaca que esses acessos estão livres para circulação de carros e pedestres.

Para quem pretende chegar à Esplanada de transporte público coletivo, a opção recomendada é o acesso pelo metrô, na Estação Central, na Rodoviária do Plano Piloto.

Uma alternativa é o desembarque na Estação Galeria, que também dá acesso à área central de Brasília. Para quem optar pelos ônibus, a melhor saída é pela Rodoviária do Plano Piloto.

Manifestações

Grupos de bolsonaristas que não aceitam o resultado das eleições presidenciais de 2022 — em que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu a maioria dos votos — estão acampados há um mês em frente ao Quartel-General do Exército em Brasília.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
0

Devido à mobilização, a Esplanada chegou a ficar 23 dias fechada. Em 21 de novembro, ela voltou a ser liberada, mas teve de ser bloqueada novamente nesta terça-feira (29/11), devido aos atos marcados para o Dia do Evangélico.

Mais lidas
Últimas notícias