PCGO prende dupla que matou para roubar sanfona de R$ 25 mil

O crime ocorreu em Formosa, no Entorno do Distrito Federal, no dia 4 de janeiro deste ano. Suspeitos foram achados na Bahia

Divulgação/PCGODivulgação/PCGO

atualizado 16/01/2020 11:10

O Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) da Polícia Civil de Goiás trouxe para Formosa (GO), no Entorno do Distrito Federal, dois acusados de um latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido no dia 4 de janeiro deste ano no município goiano. Conforme as investigações, a dupla usou um pedaço de madeira para matar a vítima, que acabou morrendo.

Em seguida, os acusados roubaram um veículo GM Prisma, um celular, uma sanfona avaliada em R$ 25 mil, entre outros objetos pessoais, de Valdineto Vieira Neves, 52 anos.

Segundo as investigações, a vítima estava na companhia dos suspeitos momentos antes do crime. Logo após o latrocínio, os investigados fugiram para a Bahia, sendo capturados no município de Barreiras.

Eles foram presos em flagrante por outro furto ocorrido durante a fuga. O mandado foi cumprido no dia 9 de janeiro. A equipe do Gepatri de Formosa deslocou-se até o município de Barreiras e conduziu os suspeitos para Formosa nessa terça-feira (14/01/2020).

No retorno a Formosa, a sanfona da vítima foi recuperada pela equipe policial. Os envolvidos serão indiciados pelo crime de latrocínio e, se condenados, podem pegar pena de 20 a 30 anos de cadeia. A dupla permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Últimas notícias