Estagiária é morta a golpes de macaco hidráulico no Entorno do DF

Homem de 24 anos confessou ter matado a jovem depois de tê-la agredido com um soco e ela ameaçar chamar a polícia

Reprodução/TV Anhanguera

atualizado 03/01/2020 7:40

Um homem foi preso em Goiás após confessar ter matado Ana Victória dos Santos Gomes, 20 anos, estagiária da prefeitura de Formosa (GO), Entorno do DF.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Gabriela Mol Câmara, Paulo Henrique Fernandes da Silva, 24, golpeou a vítima com um macaco hidráulico do veículo em que estavam. Depois, escondeu o corpo no município de Cabeceiras de Goiás, próximo à divisa com Minas Gerais.

No dia 01/01/2020, Paulo chegou a procurar a Polícia Militar de Minas Gerais e disse que, naquela madrugada, estava mantendo relações sexuais com Ana Victória em seu veículo, quando foram abordados por dois assaltantes. Ele contou que os homens levaram o veículo e a mulher.

Conforme a delegada Gabriela Mol, após várias contradições no depoimento, o suspeito confessou ter matado a vítima. “Ele disse que conheceu a jovem em uma festa de Réveillon e que saíram juntos do local. Depois de um desentendimento, a Ana Victória o teria mordido e, por isso, ele a agrediu com um soco. Quando ela ameaçou acionar a polícia, o autor pegou o macaco hidráulico do carro e desferiu vários golpes contra a cabeça dela”, informou a policial.

Em depoimento, Paulo Henrique afirmou ter ateado fogo no veículo para ocultar os vestígios do crime. Posteriormente, pegou um veículo emprestado e levou o corpo para outro local.

Leia a matéria completa no Mais Goiás.

Últimas notícias