Jogador do Corinthians é assassinado a tiros no Entorno do DF

Leandro Augusto Santos Soares, de 18 anos, estava na companhia da namorada quando foi baleado. Suspeito de atirar seria um PM de Goiás

ReproduçãoReprodução

atualizado 06/07/2019 20:50

A Polícia Civil de Goiás investiga o assassinato do jogador de futebol Leandro Augusto Santos Soares, de 18 anos, executado em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, nessa sexta-feira (05/07/2019). Ele estava junto da namorada quando o crime ocorreu. Um policial militar goiano é o principal suspeito de atirar contra o jovem. O caso está sendo apurado pelo Grupo de Investigação de Homicídios. A vítima tinha passagens pelas categorias de base do Corinthians.

O rapaz foi baleado por volta das 11h. De acordo com o pai dele, o empresário Leandro Soares Andrade, o filho ficou cerca de meia hora aguardando socorro. Levado para o Hospital de Santa Maria, o atleta morreu logo depois, por volta do meio-dia.

O pai da vítima disse que o filho foi baleado logo após pegar uma arma de brinquedo com um amigo, a qual, segundo ele, seria entregue para outro colega, que também estava na praça. “Ele colocou o simulacro na cintura e atravessou a rua junto com a namorada. Assim que subiu na calçada, o policial deu o primeiro disparo nas costas dele”, relatou Andrade ao G1 Goiás.

O empresário frisou que a namorada do filho, uma garota de 17 anos, tentou intervir. “Ela começou a gritar desesperada, dizendo que era arma de brinquedo e pediu para parar. Meu filho jogou a arma para trás e aí o policial deu um terceiro tiro na cabeça dele”, acusou o pai.

O corpo do jogador será velado das 8h às 10h de domingo (07/07/2019), no Cemitério Campo da Esperança, em Taguatinga, no Distrito Federal.

Últimas notícias