Cão ataca e impede que bandido continue esfaqueando avó e neta

A mulher, de 32 anos, já recebeu alta médica, mas a bebê, de apenas 11 meses, permanece internada. Caso ocorreu em Luziânia (GO)

Reprodução/TV AnhangueraReprodução/TV Anhanguera

atualizado 08/01/2020 15:37

Avó e neta viveram momentos de pânico na tarde de domingo (05/01/2020), quando um bandido invadiu a casa onde elas moram, em Luziânia, no Entorno de Goiás, e começou a golpeá-las com uma faca. A mulher, de 32 anos, foi atendida e já recebeu alta, mas a bebê, de apenas 11 meses, permanece internada.

Segundo a Polícia Militar de Goiás, a ocorrência só não teve um desfecho pior porque o cachorro da família, um vira-lata, avançou contra o criminoso na hora em que ele esfaqueava as duas. Com o ataque do animal, o homem de 27 anos cessou as agressões e fugiu, mas foi preso instantes depois por uma guarnição da PM goiana.

De acordo com os policiais que atenderam ao chamado, o bandido entrou no imóvel à procura da filha de 15 anos da mulher agredida. Eles teriam se conhecido em um aplicativo de relacionamento, marcaram um encontro, mas, na hora, a jovem se recusou a “ficar” com ele.

Revoltado por ter sido desprezado, o homem foi até a casa da adolescente com uma faca na mão, conseguiu abrir o portão e começou a procurar pela menina. Como ela não estava, iniciou uma discussão com a mãe dela, que estava com a neta no colo, e começou a esfaquear as duas.

O suspeito foi levado para o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) de Luziânia e responderá por tentativa de feminicídio.

Últimas notícias