Ibaneis lidera disputa ao GDF: na pesquisa estimulada tem 29,1%, na espontânea, 21,3%, diz Metrópoles/Ideia

Na estimulada, Ibaneis aparece com 7 pontos percentuais à frente do 2º colocado, Arruda. No cenário espontâneo, a diferença é de 18 pontos

atualizado 18/07/2022 23:55

Fotografia colorida de dois homens em cima de uma fonte de água com pessoas ao redorGustavo Moreno/Metrópoles

O governador Ibaneis Rocha (MDB) continua como líder das intenções de voto para o Governo do Distrito Federal. Segundo a pesquisa Metrópoles/Ideia, divulgada nesta segunda-feira (18/7), 29,1% dos eleitores do DF disseram que votariam em Ibaneis se as eleições fossem hoje.

Com 22,2% da preferência, o ex-governador José Roberto Arruda (PL) está sete pontos atrás de Ibaneis. Arruda tem costurado possível candidatura ao GDF após obter liminar que suspendeu duas condenações por improbidade administrativa no âmbito da Operação Caixa de Pandora.

A candidatura de Arruda, no entanto, depende de decisão a ser proferida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 3 de agosto, quando os ministros decidirão sobre a repercussão geral da retroatividade da Lei de Improbidade.

Os dados são referentes à pesquisa estimulada, quando os nomes dos pré-candidatos são apresentados aos eleitores.

O senador José Antônio Reguffe (União Brasil) foi escolhido por 12,6% do eleitorado brasiliense para o GDF. Atrás dele, estão a senadora pedetista Leila do Vôlei (6,8%), o senador tucano Izalci Lucas (5,0%) e o ex-secretário de Educação pessebista Rafael Parente (4,6%). A pesquisa mostra que o deputado distrital Leandro Grass (PV) tem 3,0% das intenções de voto.

Keka Bagno (PSol), Winston Lima (PRTB), Lucas Salles (DC), Robson da Silva (PSTU) e João Vicente Goulart (PCdoB) pontuaram com menos de 1%.

O percentual de eleitores indecisos chegou a 10,0%. E 4,8% disseram que votariam branco ou nulo.

Espontânea

A pesquisa espontânea – na qual não são apresentadas opções aos entrevistados – mostra Ibaneis isolado na frente da corrida pelo Palácio do Buriti. Nesse cenário, o pré-candidato à reeleição tem 21,3% das intenções de voto dos eleitores.

No caso de Arruda, 3,7% dos eleitores afirmaram que votariam nele se as eleições fossem hoje. Reguffe soma 3,0%, enquanto Rafael Parente tem 2,5%.

Leila tem 2,0% das intenções de voto espontâneas; e Izalci possui 1,1%.

Outros postulantes ao Governo do DF foram indicados pelos eleitores no levantamento espontâneo: Grass (0,5%), Keka (0,5%), Rosilene Corrêa (0,2%), Winston Lima (0,2%).

Em contrapartida, 53,8% dos eleitores disseram que não sabem ainda em que votariam. Outros 11% afirmaram que optariam por votar branco ou nulo. E 4,0% informaram outros nomes.

Confira o resultado da pesquisa estimulada:

E confira o resultado da pesquisa espontânea:

Terceira pesquisa

Esta é a terceira pesquisa de uma série de levantamentos encomendados pelo Metrópoles ao Instituto Ideia e que serão divulgados até o segundo turno das eleições.

A pesquisa Metrópoles/Ideia, divulgada no dia 22 de junho, indicou Ibaneis na frente da disputa, com 34,5% das intenções de voto. Reguffe aparecia bem atrás, com 14,8%.

No primeiro levantamento, de 18 de maio, Ibaneis somava 30% da preferência do eleitorado, enquanto Reguffe possuía 10,6% das indicações.

Atual levantamento

Para a atual pesquisa, foram ouvidas 1.200 pessoas entre a última quarta-feira (13/7) e esse domingo (17/7). A metodologia utilizada é a de pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado, através de inquérito telefônico, junto a uma parcela representativa do eleitorado do DF.

A margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%.

A pesquisa foi registrada no Superior Tribunal Eleitoral (TSE) sob o número DF-02959/2022.

Mais lidas
Últimas notícias