Guedes acha natural irritação de Bolsonaro com Levy, diz blog

Segundo ministro da Economia, o presidente se irritou após receber uma mensagem dizendo que o BNDES é comandado por petistas

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilFabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

atualizado 15/06/2019 20:43

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse compreender a irritação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) com o atual presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, que, na visão do ministro,  não fala em “abrir a caixa-preta” da instituição e ainda “nomeia um petista” para cargos na direção do banco. As informações são do Blog do Camarotti.

“Ninguém fala em ‘abrir a caixa-preta’ e ainda nomeia um petista. Então, fica clara a compreensão da irritação do presidente”, disse Guedes, segundo o blog. “O grande problema é que Levy não resolveu o passado nem encaminhou uma solução para o futuro”, ressaltou o ministro.

Segundo a matéria, Guedes disse entender a “agustia do presidente e considera natural que ele se sinta “agredido”.

Ainda segundo o blog, Bolsonaro teria recebido uma mensagem de um amigo dizendo o seguinte: “Quem diria ver no governo Bolsonaro o BNDES comandado por petistas”. Após a entrevista na qual Bolsonaro deixou clara a intenção de demitir Levy na segunda-feira (17/06/2019), o presidente ligou para Guedes relatando o que havia dito.

 

Últimas notícias