Dupla com balaclava faz buraco em parede de banco e foge sem levar dinheiro

PCDF identificou e indiciou suspeitos, que usaram fitas adesivas nas mãos para evitar identificação em invasão a BRB de Ceilândia

atualizado 05/08/2021 19:00

suspeitosReprodução

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) identificou e indiciou duas pessoas suspeitas de invadir uma agência do Banco de Brasília (BRB), em Ceilândia. O crime aconteceu na madrugada do dia 24 de abril de 2020.

A investigação foi conduzida pela Divisão de Repressão a Roubos e Furtos da Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (DRF/Corpatri). Segundo apurado, os invasores fizeram um buraco na parede da agência e entraram na sala dos caixas.

Eles reviraram todas as gavetas das mesas da agência, mas não localizaram dinheiro. Em seguida, os dois homens fugiram. Para evitar identificação, os criminosos usaram fitas adesivas nas mãos e balaclavas.

0

Segundo a PCDF, os dois são moradores de Ceilândia e têm passagem pela polícia. Os dois estão em prisão domiciliar, um deles já praticou 11 assaltos e o outro já se envolveu em dois roubos. Ambos já foram denunciados pelo crime e são réus em ação penal que tramita na Segunda Vara Criminal de Ceilândia.

A Polícia Civil pediu a prisão preventiva da dupla e o parecer do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) foi favorável, mas a Justiça negou os pedidos.

Veja o estrago na agência bancária:

0

Últimas notícias