Doses restantes da AstraZeneca não serão mais usadas na “xepa” no DF

Secretaria de Saúde publicou circular com a nova regra de vacinação com o objetivo de reforçar a imunização dos idosos contra a Covid-19

atualizado 02/05/2021 13:06

Vacina contra a Covid-19Rafaela Felicciano/Metrópoles

O Distrito Federal possui novas regras para as doses remanescentes das vacinas contra a Covid-19. Segundo a Secretaria de Saúde, em caso de sobra, as doses AstraZeneca passarão a ser aplicadas no dia seguinte após a abertura do frasco. O imunizante de Oxford deixa de ser usado nas chamadas “xepas”. A prioridade é vacinar os idosos.

Fabricada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a AstraZeneca pode ser armazenada por até 48 horas a uma temperatura variando entre 2°C a 8°C, após a abertura. Por isso, ela pode ser armazenada e aplicada no dia seguinte, mantendo a prioridade da vacinação das pessoas com idades mais avançadas e mais vulneráveis à Covid-19.

Segundo a pasta, a vacina CoronaVac mantém a regra vigente de aplicar as doses remanescentes em idosos. Depois da abertura, o imunizante do Instituto Butantan deve ser aplicado em até 8 horas, em uma temperatura de 2°C a 8°C.

A pasta publicou circular informando as novas orientações a partir de análise do Comitê Operacional de Vacinação Contra a Covid-19.

Segundo a chefe da Rede de Frio, Tereza Luiza, atualmente não está havendo sobra das vacinas. “Mas caso haja dose remanescente, pode ser aplicada nos idosos para atingirmos esse público em sua totalidade”, frisou.

Otimização

Temporariamente, a aplicação da 2ª dose da CoronaVac ocorrerá em 16 locais de vacinação. A ideia é otimizar as doses e organizar o serviço a fim de garantir a aplicação das duas doses com o intervalo preconizado.

Com menos locais, segundo a pasta, evita-se possíveis perdas com a abertura de frascos, no caso de não haver público até final do dia para aplicação regular das doses.

A aplicação da 2ª dose deve ocorrer até as 15h. Neste domingo (2/5) a dose de reforço da vacina está disponível no drive-thru do Parque da Cidade. (Com informações da Secretaria de Saúde).

Últimas notícias