Em 24h, 65.315 pessoas com comorbidades se cadastram para vacina no DF

Segundo Secretaria de Saúde, maior parte dos pacientes enfrenta hipertensão arterial, diabetes mellitus ou são imunossuprimidos

atualizado 01/05/2021 16:13

Vacinação contra a Covid-19Rafaela Felicciano/Metrópoles

Ao final das primeiras 24 horas de cadastro, 65.315 pessoas com comorbidades fizeram inscrição para receber a vacina contra a Covid-19 no Distrito Federal.

Segundo a Secretaria de Saúde, 29,5% do total sofrem com hipertensão arterial. Pessoas com diabetes mellitus representam 22,84%. Imunossuprimidos somam 9,6%.

“Oriento a todos que possuam comorbidades que entre no site e faça seu cadastro”, solicitou o secretário de Saúde, Osnei Okumoto. Segue o link.

A pasta planeja iniciar a vacinação nesta semana das pessoas com síndrome de Down, deficiência permanente, gestantes e puérperas com comorbidades e pessoas em terapia renal substitutiva.

Quem tiver dificuldade de cadastramento, deve buscar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima. A imunização também levará em conta as pessoas apoiadas pelo Benefício Assistencial à Pessoa com Deficiência (BPC).

A partir do cadastramento, a Secretaria de Saúde poderá fazer a planejamento da distribuição das doses para as pessoas com doenças preexistentes.

Previsão

A previsão é de que a vacinação para esse grupo comece na terça-feira (4/5). Segundo a pasta, as datas ainda poderão ser alteradas.

A Secretaria de Saúde elaborou um calendário vacinal para vacinar o grupo de comorbidades com pessoas entre 55 e 59 anos (fase 1).

Veja o calendário de vacinação de comorbidades da fase 1:

A segunda etapa da vacinação contra Covid-19 para pessoas que têm doenças preexistentes e comorbidades já está definida e deve começar tão logo seja imunizado todo o grupo prioritário incluído na primeira fase anunciada pela pasta. A liberação deve ocorrer após o dia 18 de maio, a depender das remessas de doses entregues pelo Ministério da Saúde.

Não há data confirmada para iniciar a próxima fase do plano direcionado aos novos grupos prioritários autorizados pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

Confira o público:

Como se cadastrar

A autorização da vacina será dada mediante confirmação de um pré-cadastro realizado no site da Secretaria de Saúde e que pode ser acessado aqui. Como necessitam de tratamento constante, o Sistema Público de Saúde (SUS) mantém as fichas daquelas pessoas atendidas nas unidades da rede pública que se enquadram nesse perfil. Aqueles que são acompanhados por clínicas e hospitais particulares precisam incluir os dados no sistema da pasta para comprovação.

0

Embora a prioridade nesta próxima etapa seja para as pessoas com a idade mais avançada, a começar por 59 anos, a subsecretária recomenda que, a partir desta sexta, até a próxima semana, todos os integrantes do grupo de comorbidades e doenças preexistentes, incluindo os deficientes, façam o cadastro no site da Secretaria de Saúde. (Com informações da Secretaria de Saúde)

Últimas notícias