Distrital defende criação de fundo para evitar aumento de combustível

Vice-presidente da CLDF vai apresentar ao Ministério da Economia proposta para criação de reserva para compensar reajustes em refinarias

atualizado 23/02/2021 17:05

Rodrigo DelmassoRafaela Felicciano/Metrópoles

Na esteira do debate sobre o aumento do preço de combustíveis e a troca de comando na Petrobras, o vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado distrital Rodrigo Delmasso (Republicanos), vai propor ao governo federal a criação de um fundo para compensar a alta nos valores dos barris de petróleo e evitar o repasse desse aumento aos consumidores.

“Nos tivemos um aumento exacerbado de combustíveis”, resumiu. Para Delmasso, a fundo seria uma saída equilibrada para o problema. “Ao invés de se fazer trocas em diretorias de estatais, que fosse necessário, como alguns países já adotaram, a criação de um fundo de ‘controle de preços'”, ressaltou.

“Quando o conselho do governo achar que o preço do combustível, principalmente nas refinarias, subiu acima do esperado, pode-se utilizar esse fundo pelo menos para compensar os preços dos barris e não repassar para o consumidor”, explicou.

Segundo o vice-presidente da CLDF, a proposta será encaminhada para o Ministério da Economia. Na avaliação de Delmasso, a crise do aumento dos combustíveis não compromete apenas a qualidade de vida da população, mas também o setor produtivo.

Últimas notícias