DF tem 1,1 milhão de pessoas em grupos prioritários da vacina da Covid

Secretaria de Saúde segue o plano nacional, que prevê retomada da imunização por faixa etária "somente após o término dos prioritários"

atualizado 11/05/2021 9:43

Vacinação contra a Covid-19Rafaela Felicciano/Metrópoles

A Secretaria de Saúde (SES-DF) estima que os grupos prioritários da imunização contra a Covid-19 somam 1.139.028 pessoas no Distrito Federal. O dado consta no Plano Operacional de Vacinação no DF e representa cerca de um terço da população da capital.

Veja as estimativas por grupo no DF:

0

A pasta pretende avançar na vacinação por faixa etária apenas após finalizar a imunização de todos os grupos prioritários. Além de pessoas portadoras de comorbidades, que já começaram a ser imunizadas, a lista de prioridades inclui uma série de categorias profissionais.

O último público a ser imunizado no DF pela idade foi o de pessoas com 60 anos. Dessa forma, aqueles com 59 anos ou menos devem receber as doses apenas depois de todo o grupo prioritário estabelecido pelo Ministério da Saúde – e não em paralelo.

De acordo com a Secretaria, o DF segue o Plano Nacional de Imunização e “a intenção do Ministério [da Saúde] é somente após o término da vacinação dos prioritários iniciar a vacinação de outras faixas etárias”.

0
Quem já pode se vacinar

Além dos idosos, profissionais de saúde e das forças de segurança, algumas pessoas com comorbidades já podem se vacinar no DF. São elas: pessoas com síndrome de Down, pacientes que fazem hemodiálise, gestantes e puérperas com comorbidades, imunossuprimidos, pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos, e deficientes cadastrados no Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Veja, abaixo, o público-alvo da imunização contra o novo coronavírus no DF atualmente:

Confira quem faz parte do grupo com comorbidades neste momento e a lista de doenças:

0

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, o público com comorbidades deverá ser ampliado por idade até chegar em jovens com 18 anos. Atualmente, a faixa contemplada é a de 59 a 55 anos (com exceção de pessoas com síndrome de Down, pacientes que fazem hemodiálise, gestantes e puérperas com comorbidades, imunossuprimidos e deficientes cadastrados no BPC; que podem ter entre 18 e 59 anos).

Além dessas pessoas, devem ser priorizados os trabalhadores listados no plano do Ministério da Saúde (veja abaixo). “Conforme o Ministério for encaminhando mais doses, ele enviará o informativo falando sobre a ampliação desse grupo de comorbidades e até possíveis inclusões de outros grupos que estão no Plano Nacional”, diz a SES-DF.

Plano Nacional

O Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19, do Ministério da Saúde, lista um série de categorias que estão incluídas no grupo prioritário, além das pessoas portadoras de comorbidades. Há pessoas em situação de rua, presidiários, professores, rodoviários, metroviários, caminhoneiros, trabalhadores da limpeza urbana, entre outros.

Veja a lista completa:

0

Conforme mostra a tabela, são 80,5 milhões de pessoas incluídas nos grupos prioritários da vacinação contra a Covid-19 no Brasil.

Últimas notícias