DF: sai resultado da 2ª fase do concurso para conselheiro tutelar

Nesta etapa, a Secretaria de Justiça do Distrito Federal fará a análise da documentação e o registro da candidatura

Andre Borges/Especial para o MetrópolesAndre Borges/Especial para o Metrópoles

atualizado 02/08/2019 21:17

A Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejus-DF) divulgou, nesta sexta-feira (02/08/2019), o resultado provisório da segunda fase do processo seletivo para os membros do Conselho Tutelar do Distrito Federal, no quadriênio 2020–2023. Nesta etapa é feita a análise de documentação e o registro da candidatura.

O resultado foi tornado público duas semanas após as notas da prova objetiva terem sido divulgadas.

Confira a relação:

Resultado provisório da segunda fase do processo seletivo destinado à escolha de conselheiros tutelares by Metropoles on Scribd

Votação

Após a comprovação das informações e da aprovação no exame, será possível o registro da candidatura, que é individual. Quem irá definir os próximos conselheiros tutelares é a população, por meio do voto direto e secreto em 6 de outubro. Cada eleitor poderá votar em um candidato da região administrativa correspondente à seção em que o título de eleitor esteja registrado.

No total, serão preenchidas 200 vagas para membros titulares e até 400 de suplentes. O Distrito Federal tem 40 conselhos tutelares, cada unidade com cinco membros titulares e 10 suplentes. As entidades são vinculadas administrativamente à Sejus-DF.

O valor da remuneração mensal é de R$ 4.684,66. O exercício da função será em regime de dedicação exclusiva ao serviço, ou seja, os conselheiros não poderão ter qualquer outra atividade profissional remunerada, pública ou privada.

Últimas notícias