DF registra queda de internações em UTIs por Covid-19 entre idosos

GDF afirma que a aplicação de vacinas na população tem feito que os números tenham baixado tanto a partir de maio

atualizado 06/07/2021 19:27

UTI Breno Esaki/Secretaria de Saúde

O Distrito Federal vem registrando queda nas internações de idosos por causa da Covid-19 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) da rede pública. Segundo levantamento da Secretaria de Saúde, todas as faixas etárias a partir de 60 anos tiveram redução a partir do mês de maio.

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, afirma que esses dados mostram a importância da vacina no enfrentamento à Covid-19. “Estamos verificando um avanço significativo na redução de internações e na diminuição do número de óbitos, deixando claro o valor da vacinação, independentemente de qual vacina esteja sendo aplicada”, disse.

O gráfico mostra que entre janeiro e abril houve aumento nas internações de pessoas com 60 a 64 e 65 a 69 anos, com queda a partir do mês de maio para essas faixas etárias. Já entre 70 e 74 anos, registrou-se aumento entre janeiro e fevereiro, estabilidade em março e redução a partir de abril.

Vacinação no DF

Em pouco mais de cinco meses, a Secretaria de Saúde vacinou mais de 100% da população com mais 70 anos com a primeira dose. O percentual ultrapassa 90% entre pessoas com 60 e 69 anos.

Nos próximos dias, a Secretaria de Saúde vai vacinar 41.009 pessoas que agendaram vacinação pelas faixas etárias, de 44 a 59 anos, e com comorbidades de 18 a 43 anos. Por idade, agendaram 40.018 pessoas e com alguma doença pré-existente foram 992 agendamentos.

A vacinação para quem tem 60 anos ou mais e gestantes e puérperas com comorbidades segue aberta sem necessidade de agendamento. Os idosos são atendidos em qualquer um dos 55 locais de vacinação. Já as gestantes e puérperas com comorbidades recebem o imunizante em pontos específicos que podem ser consultados aqui.

Mais lidas
Últimas notícias