metropoles.com

DF: escolas particulares e academias reabrem após uma semana fechadas

Autorização está prevista em decreto do governador Ibaneis Rocha (MDB). Taxa de ocupação de leitos de UTIs públicos é de 97% no DF

atualizado

Compartilhar notícia

Gustavo Moreno/Especial para o Metrópoles
Volta às aulas do ensino fundamental nas escolas particulares do DF
1 de 1 Volta às aulas do ensino fundamental nas escolas particulares do DF - Foto: Gustavo Moreno/Especial para o Metrópoles

Academias, creches, escolas e faculdades particulares podem reabrir a partir desta segunda-feira (8/3). A autorização foi dada pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), na última sexta-feira (5/3), por meio de decreto. A reabertura ocorre em um momento em que o DF chega a quase 5 mil mortes pelo coronavírus e apresenta esgotamento da taxa de ocupação de unidades de terapia intensiva (UTIs) nos hospitais locais.

A capital do país entrou em lockdown total em 28 de fevereiro. O chefe do Executivo local adotou a restrição após o índice de ocupação dos leitos de UTI ultrapassar 90%. Nesta segunda-feira (8/3), o percentual de vagas preenchidas na rede pública de saúde é de 97%. A taxa de transmissão do vírus chegou a 1,35 no fim de semana. Significa dizer que, a cada 100 pessoas infectadas, outras 135 podem ser contaminadas.

Em meio a níveis críticos, devem permanecer suspensas as atividades consideradas não essenciais e que não foram excluídas do lockdown, como shoppings, bares e restaurantes.

A média móvel de mortes por Covid-19 no Distrito Federal ficou em 17,7 no domingo (7/3). Na comparação com o indicador apurado há 14 dias, houve crescimento de 79%, o que confirma a tendência de alta na quantidade de mortes.

Desde o início da pandemia de coronavírus, o DF já notificou 306.251 casos e 4.962 óbitos em decorrência da doença. Entre sábado (6/3) e domingo (7/3), foram 12 mortes e 874 novas infecções.

A maioria das escolas particulares do Distrito Federal se preparou para voltar às aulas presenciais nesta segunda-feira (8/3). Os colégios passaram uma semana fechados. Marista da Asa Sul, Sigma, Galois e Santa Rita já anunciaram o retorno. A única instituição procurada até o momento que não pretende voltar ao formato presencial é o Leonardo da Vinci.

Nas academias, estão proibidas aulas coletivas. “Nós temos os protocolos mais rígidos. A ideia é continuar seguindo-os. Um equipamento usando e outro não, capacidade reduzida nas aulas, com distância de dois metros, uso de máscara e álcool em gel espalhado por todo o espaço”, diz a presidente do Sindac-DF, Thais Yeleni, que representa o setor.

Confira, na íntegra, o decreto que flexibiliza o lockdown:

DODF 18 05-03-2021 Edicao Extra A by Metropoles on Scribd

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comDistrito Federal

Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?

Notificações