Dezembro Verde alerta sobre abandono de animais e importância da adoção

Protetores aproveitam o mês especial para os pets para pedir ajuda a cães e gatos que precisam de cirurgias urgentes no Distrito Federal

atualizado 21/12/2020 12:53

Arquivo pessoal

Abandonar ou maltratar animais é crime previsto pela Lei Federal nº 9.605/98. Além disso, uma nova legislação, a Lei Federal nº 14.064/20, sancionada em setembro, aumentou a pena de detenção, que era de, no máximo, um ano, para até cinco anos para quem cometer tal ação.

Com o objetivo de alertar a população sobre as graves consequências do abandono de animais e fomentar a guarda responsável dos bichinhos, durante todo este mês, é realizada a campanha Dezembro Verde.

Embora não haja estatísticas oficiais, estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que mais de 30 milhões de cães e gatos estejam em situação de abandono no Brasil.

A escolha deste mês para a campanha está relacionada ao fato de que, neste período do ano, os casos de abandono aumentam de forma expressiva, segundo Andreia Gomes, da Federação de Proteção Animal do Distrito Federal (FPADF) e presidente da Associação de Protetores Independentes de Animais (Aspia-DF). “Famílias deixam seus animais nas ruas, isentando-se da responsabilidade quando vão se ausentar para as viagens de férias e as festas de fim de ano”, lamenta Andreia.

“Dentro das casas, isso também ocorre. Os vizinhos percebem que os bichos estão só em casa e acionam as associações de protetores de animais para resgatar gatos e cachorros“, completa.

A crise sanitária provocada pelo novo coronavírus também ajudou a piorar a situação, segundo Andreia. “Infelizmente, soubemos que houve um aumento nos casos de abandono no início da pandemia. As pessoas deixaram os bichinhos nas ruas e os abrigos, que dependem de doações, estão lotados.  Também estamos esbarrando nessa questão. Não há locais para levar esses animais”, conta.

Ação de Natal

Abrigos e protetores independentes que atendem animais abandonados no DF pedem socorro. Sem recursos, eles precisam de ajuda para arrecadar dinheiro para três animais que necessitam de tratamento cirúrgico.

A ideia é conseguir,  por meio de uma vaquinha virtual, R$ 15 mil para que dois cães e uma gatinha possam realizar os procedimentos. Até o momento, as doações somam R$ 305.

T’Challa é um cãozinho que tem as duas patas dianteiras machucadas. O animal é nefropata, hipertensivo e sofre diariamente com dores. Ele precisa de uma cirurgia ortopédica de cerca de R$ 7 mil.

Conheça os bichinhos que precisam de ajuda:
0

Fênix (foto de destaque) é uma gatinha encontrada dentro do motor de um carro. O felino fraturou duas patas. A fêmea tem quatro meses e precisa de cirurgia de R$ 5 mil.

Marley é um cão adulto, tetraplégico e foi levado pelo tutor ao Hospital Veterinário Público de Brasília para ser sacrificado. Marley fez muitos exames doados e passou por um neurologista. Agora, o cão precisa de uma ressonância magnética que custa R$ 2,5 mil. Como está atrofiando, ele também precisará de sessões de fisioterapia. Um pacote com 10 sessões custa cerca de R$ 1,5 mil.

“As protetoras têm esperança de conseguir angariar, neste fim de ano ainda, o valor suficiente para ajudar os bichinhos. Nos três casos, reflexos do abandono, cada dia que passa pode ser a diferença para o sucesso dos tratamentos. Os valores são altos. Esses animais, além de todos os procedimentos cirúrgicos, precisam de ajuda para a manutenção mensal em lares temporários, alimentação, medicamentos e sessões de fisioterapia, além das visitas constantes aos veterinários”, pontua Andreia.

Os interessados em ajudar podem falar com a Andreia pelo telefone (61) 99399-9010. Para acessar a página da campanha, clique aqui. Doações em dinheiro podem ser realizadas para as seguintes contas:

PIX: 61993999010

 

CEF: Agência: 0643

Conta Poupança: 00012320-8

Tipo 013

Andreia de M.Gomes

 

BB: Agência: 2912-2

CC:  28494- 7

Andreia de M.Gomes

 

BRB: Agência: 103

CC: 103 057594 – 8

Andréia M.Gomes

 

Nubank: Agência: 0001

Conta: 31915326-2

Andréia de M. Gomes

 

Pic pay:

@andreia.mgomes

Últimas notícias