Covid-19: contrariando a OMS, PMDF proíbe testes em militares sem sintomas

Circular publicada gerou temor na tropa. Desde o início da pandemia, 225 PMs foram diagnosticados com o novo coronavírus

atualizado 26/06/2020 10:37

policiaisMichael Melo/Metrópoles

O Departamento Operacional da Polícia Militar emitiu uma circular, na segunda-feira (22/06), proibindo que PMs sem qualquer sintoma do novo coronavírus sejam testados, mesmo que tenham tido contato com colegas ou parentes contaminados com a Covid-19. Desde o início da pandemia, 225 praças e oficiais foram diagnosticado com a doença.

De acordo com policiais ouvidos pela reportagem, a justificativa seria o excesso de baixas pela doença desde o início da pandemia. A medida, no entanto, contraria orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que recomenda a testagem de todos os profissionais das áreas da segurança e saúde, mesmo aqueles assintomáticos.

0

Segundo o texto escrito pela PMDF e ao qual o Metrópoles teve acesso, “só serão testados os policiais militares da ativa com sintomas respiratórios”. Não serão submetidos os “assintomáticos, ainda que tenham tido contato com pessoas suspeitas ou confirmadas para Covid-19 (inclusive colegas de batalhão)”, o que inclui ainda parentes, familiares e militares da reserva remunerada.

“São muitos casos de militares com Covid-19, daí pelotões inteiros estavam sendo colocados em isolamento. Com menos efetivo, foi publicada essa circular e, agora, estamos com medo de levar a doença para as nossas casas, pois não estamos sabendo se estamos contaminados ou não”, afirmou um militar que preferiu não se identificar por medo de punições disciplinares.

Exceções

O documento traz algumas exceções, entre elas a de que militares serão testados nos casos em que convivam com familiares que estejam de atestado médico por confirmação ou suspeita de Covid-19. Nesses casos, o departamento de saúde  da corporação deverá abrir um processo no Sistema Eletrônico de Informação (SEI) antes de autorizar que o servidor seja autorizado a também entrar em isolamento social.

O que diz a PMDF

Em nota, a Polícia Militar informou tratar-se de um “resumo da circular nº 19 do DSAP de 21 de maio de 2020 e não inova em nada. Os policiais, que apresentem sintomas ou mesmo que tenham tido contato com pessoas positivadas para Covid-19, passarão por uma triagem médica que definirá a melhor conduta para o caso em específico”, destacou.

No texto, a corporação ainda ressalta “que não houve baixa de pelotões inteiros. Além disso, o policial poderá procurar atendimento/testagem em qualquer ponto disponibilizado no DF”.

Últimas notícias