Corra! Candidatos têm até esta sexta para se inscrever em seleção que substitui vestibular da UnB

Quem quiser entrar na Universidade de Brasília no 2º semestre de 2020 precisa enviar documentos ainda nesta semana. Veja como fazer

atualizado 05/11/2020 8:36

Igo Estrela/Metrópoles

Os estudantes que quiserem ingressar na Universidade de Brasília (UnB) no 2º semestre letivo de 2020 precisam se inscrever no edital Acesso Enem UnB até esta sexta-feira (6/11). O processo seletivo substitui o vestibular tradicional, que foi cancelado excepcionalmente em 2020, devido à pandemia de coronavírus. Serão 2.105 vagas em disputa.

O acesso à UnB se dará pelas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019. Portanto, para participar, o primeiro requisito é ter feito a prova no ano passado.

Além disso, todos os candidatos precisam apresentar imagens dos seguintes documentos: identidade; certificado de conclusão do ensino médio; histórico escolar; CPF; declaração de quitação com o serviço militar, quando for o caso; e declaração de quitação com a Justiça Eleitoral.

Os candidatos que vão concorrer pelo sistema de cotas para negros, universidades públicas ou de deficientes físicos devem verificar no edital outros documentos que comprovem a possibilidade de participar nessas modalidades. Para enviar a documentação, além de acompanhar mudanças de datas, ter acesso aos editais e verificar detalhes por curso, é preciso acessar o site do Cebraspe, que organiza a seleção.

Confira a íntegra do edital:

Edital de acesso substituindo vestibular pelo Enem by Metropoles on Scribd

Veja o cronograma definido pela universidade para o processo seletivo:

  • Período de solicitação de inscrição: 28/10 a 6/11/2020;
  • Período para verificar se a foto encaminhada obedeceu rigorosamente às instruções contidas no sistema de inscrição e envio de uma foto que atenda às determinações do sistema: 9 e 10/11/2020;
  • Divulgação da relação provisória dos candidatos com inscrição homologada para concorrer na condição de pessoa com deficiência no sistema de cotas para escola pública e da relação provisória dos candidatos com inscrição homologada para concorrer pelo mesmo sistema: 30/11/2020;
  • Prazo para a interposição de recursos contra as relações provisórias: 1º e 2/12/2020;
  • Divulgação da relação final dos candidatos com inscrição homologada para concorrer na condição de pessoa com deficiência no sistema de cotas para escola pública e da relação final dos candidatos com inscrição homologada para concorrer pelo mesmo sistema: 6/12/2020.
Início das aulas

Os candidatos aprovados serão registrados na UnB neste ano e iniciarão as aulas no segundo semestre de 2020, que terá início em 1º de fevereiro de 2021.

Não está definido ainda se as aulas serão iniciadas no modelo remoto ou presencial. Por isso, o plano de retomada das atividades de ensino na UnB foi estruturado em cinco etapas, que consideram o cenário da pandemia.

A volta das atividades presenciais, mesmo parciais, dependerão de orientações das autoridades de saúde e do Comitê Gestor do Plano de Contingência em Saúde da Covid-19 da UnB (Coes).

0
PAS

Segundo a UnB, o Programa de Avaliação Seriada (PAS), etapas 1, 2 e 3, não foi cancelado. A administração estuda uma forma de viabilizar as provas, tomando as medidas de segurança sanitária necessárias frente ao cenário da Covid-19.

“O ingresso para o PAS, que é o PAS 3, é no 1º semestre de 2021. Mas ainda estamos avaliando como fazer a avaliação. É importante deixar claro: o PAS não está cancelado”, assinalou Symone Jardim, diretora de Inovação e Estratégias para o Ensino de Graduação do Decanato de Ensino de Graduação.

Segundo ela, em 1º de fevereiro de 2021, a UnB ainda dará início ao 2º semestre de 2020. E não foi aprovado até o momento o cronograma do 1º semestre de 2021, cujas aulas devem começar em meados do próximo ano.

“Assim, o aluno não precisa ficar ansioso. A universidade está ciente e se organizando para realizar o PAS, porque o PAS é o processo seletivo específico da UnB. São 50% das vagas: 4.200 no total”, concluiu Symone Jardim.

Últimas notícias