Coronavírus: paciente do DF internada tem “discreta melhora”

De acordo com boletim médico divulgado pela Secretaria de Saúde, a mulher segue isolada na UTI, "sob cuidados intensivos"

atualizado 16/03/2020 11:24

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal divulgou boletim médico da paciente com o novo coronavírus, que está internada na UTI do Hospital Regional da Asa Norte. De acordo com as informações, a mulher, 52 anos, segue em isolamento, “com discreta melhora do quadro respiratório”.

“O estado dela ainda é grave, e segue com suporte ventilatório e hemodinâmico, sob cuidados intensivos da equipe multidisciplinar e com todo o suporte técnico-científico”, segundo o boletim. A pasta repete que ela apresenta síndrome respiratória aguda severa “e tem comorbidades, que agravam o quadro clínico”.

0

O número de casos notificados para Covid-19, no Distrito Federal, é de 35 em investigação, um confirmado, 22 descartados e 44 excluídos. A confirmação veio nesse sábado (07/03).

O Ministério da Saúde divulgou como positivo o resultado da contraprova feita pelo Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo. O marido da paciente do DF também é considerado um caso suspeito pelas autoridades.

A mulher esteve no Reino Unido e na Suíça, recentemente, e começou a apresentar os sintomas em 26 de fevereiro. Mas somente deu entrada no pronto-socorro do Hospital Daher, no Lago Sul, no dia 4 de março, com febre, tosse e secreções.

Ao longo da semana, foi transferida para o Hran, unidade referência para casos da doença no DF. Por causa da ida dela para a UTI do centro de saúde, nessa sexta-feira (06/03), o andar onde funcionam 10 leitos de terapia intensiva foi esvaziado para recebê-la. Os pacientes que antes estavam internados no setor precisaram ser realocados em outras unidades de saúde do DF.

Últimas notícias