Coronavírus: GDF abre cadastro para hospedar idosos em hotéis

Durante a pandemia, podem se hospedar em hotéis pessoas de baixa renda, com idade igual ou superior a 60 anos, não infectadas pela Covid-19

atualizado 15/04/2020 7:11

A Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejus) lançou o edital de cadastro para idosos em situação de vulnerabilidade social. Eles serão selecionados a participar do programa “Sua vida vale muito – Hotelaria Solidária”, que visa oferecer hospedagem em hotéis pelo período de até três meses como forma de evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

Podem fazer o cadastro  pessoas de baixa renda, com idade igual ou superior a 60 anos, não infectadas pelo coronavírus, que se encontrem em condições de vulnerabilidade domiciliar ou que estejam compartilhando moradia com pessoas infectadas ou suspeitas de infecção e impossibilitadas de se manter em isolamento social.

De acordo com a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, o DF tem 14 mil idosos com moradia inadequada. Eles foram identificados em levantamento feito pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), a pedido da Sejus. “São idosos que vivem sem condições de isolamento social dentro da própria casa”, explicou.

O objetivo do programa é oferecer estratégias de distanciamento social para este público, considerado o mais vulnerável nesta pandemia do coronavírus. No entanto, os idosos identificados não são obrigados a aderir à moradia temporária. No projeto-piloto, serão utilizados 150 apartamentos com serviços por três meses. Como se trata de uma parceria do GDF com a iniciativa privada, o governo pagará ao hotel uma tarifa solidária, que não corresponde à diária cobrada de hóspedes.

Inscrição 
A inscrição será feita por meio de preenchimento e envio de formulário de cadastro, disponível nos sites: suavidavalemuito.sejus.df.gov.br/inscricao-idoso ou hotel.sejus.df.gov.br. O link estará disponível até as 18h de 28 de junho de 2020. A inscrição não garante a participação no programa. Os dados informados serão objeto de análise para seleção do candidato.

A seleção ocorrerá todas as sextas-feiras, enquanto houverem vagas disponíveis e disponibilidade orçamentária para a ação. A comunicação aos selecionados será feita por meio de notificação por mensagem de e- mail, mensagem pelo aplicativo de WhatsApp ou ligação telefônica, conforme dados informados no formulário de inscrição. A lista com a relação das pessoas selecionadas também poderá ser consultada no site.

A pessoa selecionada que não responder ao comunicado ou não se apresentar no endereço informado na data estipulada será automaticamente excluída. Para a adesão, o interessado deverá: apresentar-se no hotel, na data e no horário determinado pela Secretaria de Justiça e Cidadania, para efetivar a adesão ao Programa; assinar Termo de Responsabilidade; e não apresentar febre ou sintomas respiratórios compatíveis com da Covid-19 e, quando testado para diagnóstico de contaminação pelo coronavírus, tenha resultado negativo.

Esclarecimentos e informações adicionais poderão ser obtidos no site, pelos telefones (61) 3213-0742; 3213-0764 ou (61) 99126-9102 WhatsApp ou pelo e-mail [email protected].

Últimas notícias