Com “ghost bikes”, ONG faz homenagem a ciclistas mortos no DF

Bicicletas brancas foram colocadas em três pontos do Distrito Federal, locais onde adeptos do pedal perderam a vida em acidentes de trânsito

atualizado 18/10/2020 12:27

Ong rodas da paz, instala ghost bikes em homenagem a ciclistas que morreram nas vias do DF 1Gustavo Moreno/Especial Metrópoles

A ONG Rodas da Paz organizou homenagens especiais a ciclistas vítimas de acidentes fatais no Distrito Federal. A ação ocorreu na manhã deste domingo (18/10), em memória aos ciclistas Ricardo Aragão, Francisco de Sales e Maurício da Cruz.

Para prestar tributo às vítimas, a organização instalou três “ghost bikes” nos locais onde os acidentes ocorreram. Primeiro na 704 Norte, depois na perto do Corpo de Bombeiros do início da L4 Norte, e, por fim, perto do Posto Policial da SHIS QI 6.

0

Segundo Raphael Dornelles, coordenador-geral da Rodas da Paz, a ação do grupo gerou uma grande comoção entre amigos e familiares. “Foi, de fato, muito emocionante. As bicicletas brancas marcam o local onde a pessoa foi atropelada e deixam a memória de uma vítima que nunca será esquecida”, conta.

Para ele, o projeto é importante para dar visibilidade aos ciclistas e atentar os motoristas aos acidentes. “Infelizmente, já presenciamos vários acidentes do tipo. Essas bicicletas talvez possam chamar a atenção de quem dirige aos cuidados necessários para não causar atropelamentos”.

Veja vídeo da homenagem:

Últimas notícias