*
 

A família do servidor do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) Marcos Ramos da Silva está desesperada. Desde o dia 30 de outubro, o homem, de 27 anos, desapareceu. Segundo a mulher dele, Renata Melo, Silva está com depressão profunda, ficou três meses internado em uma clínica e, no primeiro dia após ter alta médica, saiu para ir ao psicólogo e não deu mais notícias.

Marcos Ramos foi visto pela última vez na 607 Norte. Depois da consulta psicológica, ele entrou no carro — um Fiat Uno Vivace branco — e desapareceu. Renata conta que já procurou pelo servidor no trabalho, na casa de amigos e não o encontrou. A mãe de Marcos Ramos mora na Bahia, mas está em Brasília onde registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil.

“Eu não sei se ele quis sumir por conta própria, porque está muito triste, ou se algo aconteceu. Qualquer uma das hipóteses me assusta. Se ele estiver por aí e ler esta mensagem, dê notícias, a gente só quer saber se ele está bem”, pediu a esposa.

Se alguém tiver alguma notícia de Marcos Ramos, pode entrar em contato com a família pelo telefone (61) 98262-5032 ou mesmo pelo 190.

 


 

COMENTE

Asa Nortedepressãodesaparecido
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito