Com concursos e nomeações, GDF prevê orçamento de R$ 53 bi em 2023

Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2023 (LDO 2023) será enviado para a Câmara Legislativa nesta quinta-feira (12/5)

atualizado 12/05/2022 10:29

Palácio do Buriti divulga grupos de servidores que mais estão utilizando o plano de saúde do DF - MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

O Governo do Distrito Federal (GDF) vai enviar o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2023 (LDO 2023) à Câmara Legislativa (CLDF) nesta quinta-feira (12/5). A gestão do governador Ibaneis Rocha (MDB) prevê orçamento de R$ 53 bilhões para o próximo ano.

Confira a tabela com as previsões de nomeações e concursos:

A proposta prevê concursos e nomeações de novos servidores. Do total previsto, R$ 33,8 bilhões são do orçamento local, e R$ 19,2 bilhões, do Fundo Constitucional do DF (FCDF). No detalhamento da verba federal, são estimados R$ 9,6 bilhões para a Segurança Pública, R$ 5 bilhões para a Saúde e R$ 4,5 bilhões para a Educação.

O governo prevê a injeção de R$ 17,8 bilhões com os servidores públicos, entre pagamento de folha, nomeações e concursos. Além disso, a previsão de investimentos no DF está no patamar de R$ 1,5 bilhão.

“O atual governo fez vários projetos de lei, e os aprovou com o apoio da Câmara Legislativa, incentivando o desenvolvimento da economia local e concedendo benefícios fiscais. Isso ajudou no equilíbrio das contas e permitiu que o governo elaborasse a LDO de 2023 com melhores números”, pontuou o secretário de Economia do DF, Itamar Feitosa.

A LDO é uma previsão. A aprovação do texto pelo plenário da CLDF não implica necessariamente a efetuação dos investimentos. “Estamos incluindo esses gastos na peça orçamentária de 2023, mas o comportamento da economia e a arrecadação no período são o que vão definir quais ações serão efetivadas no próximo ano”, afirmou o secretário.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias