Com umidade abaixo de 20%, Defesa Civil declara estado de alerta no DF

Previsão do Instituto Nacional de Meteorologia para a semana na capital federal é de clima quente e seco. Sem chuva pelos próximos 10 dias

atualizado 28/09/2020 18:20

sol e seca em BrasíliaHugo Barreto/Metropoles

Após as chuvas que marcaram a vida do brasiliense na semana passada, o calor e a secura voltam a assolar a população candanga nesta segunda-feira (28/9). A previsão meteorológica para o primeiro dia útil da semana é de que, além de temperaturas máximas de até 35ºC no DF, a baixa umidade pode fazer com que o seja emitido alerta vermelho, ou seja, estado de emergência.

Com a umidade relativa do ar marcando os 15%, a Defesa Civil emitiu o sinal laranja, colocando o DF em estado de alerta. A recomendação é para se evitar atividades ao ar livre e manter-se hidratado. O estado de emergência é anunciado quando os marcadores de umidade registram porcentagem inferior a 12.

0

Para o restante da semana, os estudos do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) apontam para temperaturas máximas de até 36º C. “As mínimas podem chegar em 11º C, mas em lugares isolados do DF”, avisa a meteorologista Maiane Araújo. “Esse clima se dá por conta de uma massa de ar seco e quente presente em todo o Centro-Oeste”, explica a especialista.

As temperaturas mais altas já registradas na capital federal foi em 2017, quando o termômetros marcaram 37,3º, mas não deve ser este ano que baterá a marca. “Para o final da semana, o calor começa a dar uma ligeira diminuída, para uns 33, 32º C”, afirma Araújo. De acordo com ela, as chuvas podem demorar de 7 a 10 dias para voltarem a cair em Brasília.

Últimas notícias