CLDF economiza 75% de verba indenizatória durante a pandemia de Covid-19

Câmara Legislativa poderia ter gasto 364.640,40 por mês, mas em maio, o dispêndio com a rubrica foi de R$ 90.764,10

atualizado 09/07/2020 1:19

Igo Estrela/Metrópoles

Oito entre os 24  distritais não gastaram um centavo de verba indenizatória em maio de 2020. Cada parlamentar têm o direito de receber R$ 15.193,35 por mês para pagar despesas do mandato.

Os deputados Agaciel Maia (PL), Claudio Abrantes (PDT), Eduardo Pedrosa (PTC), Jorge Vianna (Podemos), Júlia Lucy (Novo), Leandro Grass (Rede), Reginaldo Veras (PDT) e Valdelino Barcelos (PP) abriram mão do gasto.

Se todos os 24 distritais sacassem a verba indenizatória completa, a Casa desembolsaria 364.640,40 por mês. Em maio, a Câmara gastou, no total, R$ 90.764,10. Em outras palavras, economizou R$ 273.876,30, o que chega a quase 75,% de poupança.

O balanço das despesas com verba indenizatória foi publicado no Diário Oficial da Câmara Legislativa do Distrito Federal nessa quarta-feira (8/7). No mesmo documento a Casa divulgou as novas regras do plano de saúde do Legislativo local, o Fascal.

Ao longo de todo ano de 2019, os distritais gastaram R$ 1,4 milhão com verba indenizatória.

Veja quem não gastou verba indenizatória:  

0

Confira os gastos de cada distrital no detalhe:

Tabela
Câmara gastou, no total, R$ 90.764,10 com verba indenizatória ao longo de maio deste ano

Últimas notícias