CLDF

Distritais gastaram R$ 1,4 milhão com verba indenizatória em 2019

O valor é R$ 339.412,27 menor do que o de 2018, último ano da legislatura passada

atualizado 19/02/2020 15:29

CLDFRafaela Felicciano/Metrópoles

Os distritais gastaram, ao longo de 2019, R$ 1.407.233,53 em verba indenizatória. O valor é R$ 339.412,27 menor do que o de 2018, último ano da legislatura passada, quando os cofres da Câmara Legislativa liberaram R$ 1.746.645,80 para as despesas dos parlamentares.

Por mês, cada deputado tem pouco mais de R$ 15 mil disponíveis para utilizar com combustível, aluguel de carros e imóveis, contratação de assessoria técnica e publicidade. O levantamento foi feito pelo (M)Dados, núcleo de análise de grande volume de informações do Metrópoles.

Quase um terço da verba foi gasto com aluguel e manutenção de veículos: R$ 497.577,53. Em segundo lugar, vem a divulgação de atividade parlamentar, ou seja, publicidade pessoal dos distritais, com R$ 343.853,51. Em terceiro, está a locação de imóveis: R$ 196.118,19.

Coordenador do Observatório Social de Brasília e um dos propositores do projeto Câmara Mais Barata, Guilherme Brandão acredita que a redução nos gastos com verba indenizatória de 2018 para 2019 é consequência das manifestações pelo fim do benefício aos parlamentares.

“Consideramos a redução reflexo das mobilizações dos últimos anos. Houve diversas denúncias de irregularidades e alguns dos gastos da Câmara Legislativa são maiores do que os da Câmara dos Deputados. Verificou-se uma redução dos valores, que não foi espontânea”, destacou Brandão.

No ano passado, a Mesa Diretora resolveu arquivar a proposta de extinção da verba indenizatória apresentada por falta de assinaturas físicas junto à proposta popular. De acordo com Guilherme Brandão, o projeto retomará a tramitação graças à assinatura de mais distritais.

Veja os gastos por tipo de despesa em 2019:

Gasto por mês

Veja quanto cada distrital gastou

Arte/Metrópoles

 

Últimas notícias