Chuva deixa tesourinhas da Asa Norte submersas nesta terça. Veja fotos

Elevados da 9/10 Norte passaram recentemente por obras estruturais. Alagamento impediu fluxo de veículos na região e em outras vias

atualizado 16/02/2021 22:59

Tesourinha da 209/210 e das quadras 109/110 norte alaga após chuva forte em brasíliaIgo Estrela/Metrópoles

A chuva provocou transtornos em diversos ponto da Asa Norte, na tarde desta terça-feira (16/2). A água alagou as tesourinhas da 9/10, interrompendo o fluxo de veículos. Os elevados passaram por recentes obras estruturais.

Morador da 210 Norte, Marcelo Sousa disse não entender o motivo do alagamento depois da tesourinha ter sido reformada. “Muito mal resolvido e sem nenhum planejamento”, afirmou na tarde de ontem, quando foi à beira do elevado, com o filho Rafael, ver a estrutura submersa.

Responsável pela obra, a Novacap informou que foram realizadas apenas intervenções estruturais. “Contudo, a Novacap esclarece que a manutenção das bocas de lobo são feitas com frequência durante todo o ano. Porém, o grande volume de água das últimas chuvas, associado à quantidade de lixo que a população joga nas ruas, pode congestionar as redes causando alagamentos”, disse, por meio de nota.

Confira imagens:

0
Ônibus atolado

O Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) e o Departamento de Trânsito (Detran-DF) foram acionados e chegaram a fechar as passagens para os carros. Mas não há registros de acidentes de trânsito na região, onde alguns semáforos também apagaram durante o temporal.

Outras vias do Planto Piloto ficaram tomadas pela água. Há registros de alagamentos nos Eixos L e W e na W3. Na L2 Norte, o Metrópoles flagrou o momento em que bombeiros tiveram que retirar um ônibus da via. O coletivo atolou na lama ao tentar passar pelo canteiro central.

Veja: 

0

Na Quadra 402 da Asa Norte, a água invadiu carros que estavam estacionados na rua e entrou em garagens subterrâneas de alguns prédios.

Veja:

Smayle Lopes gravou imagens na altura da 711/12 Norte (assista abaixo). “Eu passei de ônibus. Só os veículos maiores conseguiam passar. Os carros tinham que desviar”, contou. “Moro na Asa Norte há muitos anos, já vi outros alagamentos, mas esse foi diferente, não estava chovendo tão forte”, completou ele.

Acidentes de trânsito

Ao todo, os bombeiros atenderam ocorrências relacionadas às chuvas desta terça-feira nas asas Norte e Sul, Lago Sul, Vila Planalto, Sobradinho e Candangolândia.

Houve atuação em alagamentos com retenção de trânsito nas seguintes localidades: Setor de Autarquias, Quadra 1; SQNs 209 e 502, além da 111/311 Norte, onde um condutor de um Astra perdeu o controle, saiu da pista e colidiu contra uma árvore. O motorista não se feriu.

No Km 2 da DF-150, sentido Grande Colorado, um Fiat Uno Vivace capotou no canteiro central. O condutor, Jeferson da Silva, 25 anos, foi transportado pelos bombeiros ao Hospital de Sobradinho, apresentando dores lombares, consciente e orientado.

Na Epia Sul, altura do Carrefour, sentido Candangolândia, o condutor de um veículo Citroen C3 perdeu o controle e capotou no canteiro central da via (foto abaixo). Ele também não se machucou.

Carro capota na Epia Sul
Queda de árvore e falta de luz

Os bombeiros informaram ainda atendido ocorrências motivadas por queda de árvores no Condomínio Jardim Botânico, Rua 6; na QI 23 do Lago Sul e na SQS 306, onde uma árvore de grande porte caiu sobre quatro veículos que estavam estacionados e desocupados. Ninguém se feriu.

A Companhia Energética de Brasília (CEB) não registrou apagões pelo DF nesta terça. A estatal informou que, durante o dia, recebeu até 51 chamados simultâneos de falta de energia no DF.

Os clientes que eventualmente estejam sem energia devem registrar o chamado na CEB. Eles são atendidos por ordem de registro, considerando-se os casos emergenciais e prioritários.

Cuidados redobrados

O Instituto Nacional de Metereologia (Inmet) emitiu alerta de chuvas intensas no Distrito Federal. De acordo com o aviso, a previsão é de chuva entre 30 e 60 milímetros por hora e ventos intensos, de 60 a 100 km/h.

O Inmet alertou para os riscos de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvore e alagamentos. Confira as orientações:

– Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda);
– Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia;
– Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Últimas notícias