metropoles.com

CEB estende programa que permite pagar contas em atraso sem juros

Quem quitar os passivos até o dia 31 de outubro ficará livre de multas e juros

atualizado

Compartilhar notícia

Eric Zambon/Metrópoles
CEB
1 de 1 CEB - Foto: Eric Zambon/Metrópoles

A Companhia Energética de Brasília (CEB) prorrogou o prazo para clientes quitarem débitos vencidos até dezembro de 2018. Pelo cronograma inicial, essa segunda-feira (30/09/2019) seria data-limite para que interessados pudessem negociar dívidas em condições especiais, mas, segundo a empresa pública, em função da grande procura, o Programa de Recuperação de Créditos (Recupera) será estendido até o final de outubro.

Quem pagar os passivos dentro desse período, fica livre de multas e juros. De acordo com a CEB, até quinta-feira (27/09/2019), foram negociados por meio do programa R$ 29 milhões. A dívida que os clientes têm com a CEB gira em torno de R$ 650 milhões.

Além desse valor já contabilizado, outra negociação de grande impacto foi realizada nessa segunda (30/09/2019): um condomínio em Sobradinho que tinha mais de R$ 13 milhões em contas de energia atrasadas conseguiu reverter a dívida para R$ 7.047.233,61 utilizando os benefícios do programa.

Quem também ainda quiser negociar os débitos com a CEB, que poderá ser pago à vista ou o com entrada de 20% e o restante dividido em até 60 vezes, deve procurar os postos do Na Hora ou qualquer agência de atendimento da Companhia até 31 de outubro.

As regras para participar do programa continuam as mesmas. Para saber as condições e requisitos para pagamento, basta acessar o site www.ceb.com.br.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comDistrito Federal

Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?

Notificações