Cães que sofreram maus-tratos no DF precisam de novo lar

Dos quatro animais resgatados, um não resistiu. Cachorros se recuperam bem e já podem ser adotados

Material cedido ao MetrópolesMaterial cedido ao Metrópoles

atualizado 29/05/2019 22:30

Três cachorros resgatados de situação de maus-tratos no Distrito Federal já podem ser adotados. Eles foram encontrados em uma chácara na região do Lago Oeste, sem água ou comida. Agora, depois de receberem cuidados adequados, precisam de um novo lar.

O Batalhão de Polícia Ambiental da Polícia Militar chegou até a residência por meio de denúncia anônima no último dia 22. No local, encontraram quatro cães debilitados – a mãe e três filhotes.

Além da fome, os animais estavam repletos de carrapatos e sujos de terra. Ana Paula de Vasconcelos, vice-presidente da Comissão dos Direitos dos Animais e Ambientais da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Distrito Federal (OAB-DF), subseção de  Taguatinga, assumiu o cuidado dos bichos.

 

Um deles não resistiu e morreu pouco depois de ser levado. A dona dos cães, de 42 anos, foi autuada pelo crime de maus-tratos. A mulher afirmou que deixava os animais presos por exigência da proprietária da chácara, mas que não sabia da situação.

De acordo com a advogada, os filhotes que sobreviveram possuem cerca de 2 meses de idade e se recuperam bem. Ela diz ainda que, caso alguém deseje ajudar com ração e remédios, deve entrar em contato. “O maior problema era a fome. Agora só precisam de remédios, carinho e amor”, destaca Ana Paula.

Contato para adoção – Ana Paula de Vasconcelos, advogada de direitos dos animais: (61) 98215-4751

Últimas notícias